Hijab – o que é, como amarrá-lo lindamente

Sabe-se que um sinal de uma muçulmana religiosa está escondendo seu corpo sob a roupa. Isso causa vários sentimentos: curiosidade, perplexidade, medo ou agressão. Como qualquer enigma, um hijab muçulmano frequentemente se torna objeto de muita atenção dos outros. Isso não reflete apenas a religião do proprietário, mas também pode indicar idade, nível de riqueza. As razões pelas quais as mulheres aderem aos padrões da Shariah podem ser diferentes: conformidade com as leis do país, família ou escolha pessoal.

O que é o hijab muçulmano

Na sociedade muçulmana, o hijab (hijab) é chamado de peça de roupa que esconde uma mulher de olhares indiscretos. Segundo o Alcorão, as mulheres que modestamente baixam os olhos e protegem a honra de outros homens são agradáveis ​​a Allah. As verdadeiras mulheres muçulmanas devem expressar sua adoração a Deus: vista uma capa, leia orações todos os dias. Mesmo entre os estudiosos de maridos árabes, intérpretes do Alcorão, há um debate sobre se as mantas devem cobrir toda a mulher ou se é possível deixar o rosto e as mãos abertas.

Por exemplo, na Arábia Saudita e no Afeganistão, as mulheres usam Abai em cima de suas roupas (uma burca feita de tecido preto grosso através do qual apenas os olhos são visíveis). Em alguns países, antes de sair para a rua, eles usam um niqab, traduzido do árabe, – um toucado que cobre o rosto, com uma fenda para os olhos. Mulheres muçulmanas da Ásia Central preferem lenços. As mulheres turcas usam turbantes com decoração. Na maioria dos países, um hijab clássico é um capacete que cobre seus cabelos e corpo.

História de ocorrência

As raízes do uso de mantos fechados levam ao Antigo Irã. Na história e cultura persas, era considerado uma pena uma mulher sair de casa sem cobertores. Era inseguro, porque a beleza podia causar olhares invejosos, até insultos. Do ponto de vista social, os maridos, privados da oportunidade de conhecer outras mulheres, permanecem mais fiéis às esposas. Isso reduz o número de divórcios, evita a propagação de doenças sexualmente transmissíveis. A burca espaçosa escondeu alguns dos inconvenientes da figura e da saúde, diferenças na aparência das anfitriãs.

Agora, mulheres muçulmanas em hijabs podem ser encontradas na Europa, Ásia, países africanos, por exemplo, Tunísia e Egito. Na França, muitas mulheres urbanas que professam o Islã defendem o valor de suas tradições. A exceção são as mulheres cujas profissões estão intimamente associadas à comunicação com estrangeiros. Por exemplo, os comissários de bordo e a recepcionista do hotel podem trabalhar de cabeça aberta, não estão sujeitos a restrições gerais.

Mulher no hijab

Por que as mulheres muçulmanas usam hijab

O objetivo do hijab não é apenas cobrir o corpo feminino, seu uso tem um significado interno. A idéia de que simboliza pureza e integridade, serve como uma barreira para o mundo externo circundante, é uma expressão de fé. Nos estados do leste, homens e mulheres que seguem o código de vestuário podem trabalhar juntos em ambientes fechados. Prestando homenagem às tradições e respeitando as leis da fé, as meninas podem estudar na universidade, frequentar instituições culturais.

O aparecimento de mulheres sob o véu encarna a castidade, a entrada na mesquita só é possível com um hijab.Em famílias muçulmanas ortodoxas, as filhas começam a ser cobertas desde a infância. Não há um limite de idade claro quando uma criança precisa começar a usar um hijab corretamente, mas na puberdade a menina já aparece sem coberturas apenas em casa.

Tradições do Oriente

Do Alcorão e do Sunn, que esclarecem alguns pontos, ouvimos informações de que Alá exigia que as mulheres não aparecessem nuas na frente de pessoas que não pertencem à sua família e parentes. A ética da sharia prescreve as verdadeiras mulheres muçulmanas para proteger a honra do marido e da família, usar colchas para que Allah lhes envie suas bênçãos.

Na sociedade europeia e russa, a questão da proibição do hijab nas escolas e outras instituições de ensino tem sido frequentemente discutida recentemente. Uma resposta clara a essa pergunta ainda não foi formulada, porque nessa questão os direitos humanos, as leis estaduais e os dogmas de fé devem ser levados em consideração. Cada país resolve esse problema à sua maneira, dados fatores políticos e religiosos..

Há um movimento de mulheres muçulmanas pela liberdade de usar um hijab, uma luta contra a violação dos direitos humanos. O protesto demonstra várias décadas e está ganhando popularidade na Internet. Alguns locais surgem onde as meninas afirmam seu direito de aparecer na rua sem cobertores. No Alcorão, existe uma condição em que uma mulher pode se recusar a usar um hijab; isso continua sendo um assunto pessoal, uma manifestação de livre arbítrio..

Como usar

Existem várias recomendações para usar um hijab que refletem seu significado nos países islâmicos. Uma mulher que cobre seu corpo pode parecer atraente, ao mesmo tempo em que se sente protegida de visões indiscretas e observa os dogmas do Islã..

muçulmano

  • As roupas devem esconder sua amante o máximo possível, deixando apenas um corte para os olhos. Em alguns países, é permitido expor a testa, a face inferior, as mãos.
  • A roupa deve estar livre, não caber no peito.
  • É proibido o uso de meios aromáticos.
  • A cor é melhor escolher um neutro, não causando muita atenção.
  • As roupas femininas devem diferir claramente das roupas masculinas, não é permitido “unissex”.
  • Os tecidos são melhor escolhidos sem aditivos sintéticos e densos.
  • Roupas caras não devem ser adornadas com jóias, para atrair a atenção.

Como amarrar lindamente

Existem muitas maneiras de usar um hijab e parecer decente. Mesmo que você não seja muçulmano, mas adora viajar ou ter amigos de uma fé diferente, essas habilidades podem ser úteis. O namoro on-line é comum no mundo moderno; portanto, casais de nacionalidades mistas frequentemente começaram a aparecer. Você pode mostrar seu respeito ao seu marido, amigo da família ou colega de trabalho com a ajuda de roupas. Em alguns países, você pode manchar a honra de um clã se sair sem colcha.

Como amarrar um hijab, você pode descobrir pelos vídeos publicados nas extensões da rede ou estudando a literatura. O lenço superior pode ser fixado sob o queixo com alfinetes ou broches; é permitido o corte manual na parte de trás da cabeça. A ponta longa de um cachecol de seda pode ser desgastada se o proprietário for baixo e quiser parecer mais alto. O gosto oriental é influenciado pelas tradições e pela moda ocidental popular contemporânea..

Por que eu preciso de um lenço interno

De acordo com as leis do Corão, é permitido abrir o rosto, mas o pescoço, cabelos, orelhas devem ser cobertos. As próprias mulheres muçulmanas condenam as mulheres que se cobrem com lenços, mas deixam os pés ou os cotovelos nus. Não mostre suas jóias, moderação em tudo – este é o principal dogma do Islã. Esconder as partes nuas do corpo ajudará o lenço interno ou o chapéu podhidzhabnik, que é usado diretamente na cabeça. Ele se ajusta firmemente ao corpo e permite que você coloque o hijab bem.

Shawl Muslim shades

Uma mulher muçulmana se pergunta todos os dias que cor usar para escolher, como combinar com a roupa e que cores combinam com ela..

Xaile muçulmano

  1. É melhor ter em seu guarda-roupa um conjunto básico diário de xales simples, que pode ser adequado para a maioria dos casos. São tons neutros – branco, bege, preto e tons de cinza.
  2. No verão é melhor usar tecidos naturais leves e no inverno escolher material denso. Na estação quente, você pode agradar aos olhos com um padrão floral, mas não deve ser muito provocador. No frio, é melhor optar por tons de pedras preciosas.
  3. Hijab você precisa escolher adequado para a tonalidade dos olhos e da pele. Loiras são recomendadas, cores naturais e morenas – mais brilhantes e mais saturadas.
  4. Um hijab bonito é obtido com uma combinação harmoniosa de tons. Você pode usar uma tabela fácil de encontrar na Internet. Apresenta combinações adequadas de cores que podem ser usadas não apenas em roupas, mas também na aplicação de cosméticos.

Hijab casamento

Allah pediu modéstia e moderação, para não mostrar sua beleza e riqueza, e chamou o orgulho de pecado. Sabendo disso, quase toda garota sonha com umas férias inesquecíveis no dia em que se casa. Designers de vestidos islâmicos resolvem com muita delicadeza e delicadeza a questão de como cobrir o cabelo e todos os contornos femininos, mas ao mesmo tempo preservam a beleza e a solenidade do momento. As tendências da moda ocidental também afetam os vestidos de noiva, por exemplo, nos últimos anos, há uma tendência a seguir o estilo boho.

Combinando tecidos transparentes e densos, rendas, miçangas e lantejoulas decorativas, os mestres criam vestidos chiques que cobrem o corpo do pescoço aos pés, mas enfatizam a ternura e a feminilidade da noiva. A cor do hijab do casamento não é necessariamente branca, tons de esmeralda, coral e azul são permitidos. É desejável que a cor do envoltório esteja em harmonia com o terno do noivo. .

Foto de meninas em hijab

Opções para o hijab elegantemente tricotado

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

Hijab – o que é, como amarrá-lo lindamente
Recuperação após treinamento muscular com nutrição e medicamentos