Escadas de madeira

A escada √© o elemento volum√©trico mais complexo de um edif√≠cio residencial, proporcionando suas conex√Ķes verticais ao longo de v√°rias trajet√≥rias. Ao longo dos s√©culos de sua exist√™ncia dentro de casa, ela se desenvolveu de uma espiral estreita e √≠ngreme, escondida na espessura de uma parede de pedra, para uma leve fita corrugada voando livremente em um espa√ßo aberto.

Escadas de madeira

Não sabemos de quem é esta citação Рnós a pegamos emprestada de uma das revistas coloridas da moda, mas ela reflete a própria essência do que chamamos de escadas em nossa casa.

√Č por isso que tomamos esta cita√ß√£o particular hoje como a ep√≠grafe da conversa de hoje. E como voc√™ deve ter adivinhado, hoje falaremos sobre escadas. Prevemos o sorriso de quem acompanha de perto as nossas publica√ß√Ķes: “Pois bem, h√° escadas de novo”. Sim Sim. Voc√™ est√° certo, apenas recentemente nossa revis√£o tratou de escadas. Vamos apenas lembrar que est√°vamos falando sobre escadas de metal e madeira “newfangled”, semelhantes √† alem√£ e italiana, mas na vers√£o russa. E hoje decidimos falar sobre escadas cl√°ssicas de madeira. E nem mesmo sobre os an√°logos russos dos parafusos de madeira oferecidos em nosso mercado pelas mesmas firmas alem√£s e italianas, mas sobre as cl√°ssicas escadas de madeira que sempre souberam fazer na R√ļssia.

Claro, poderíamos começar nossa revisão com a história, olhando pelo menos um ou dois séculos atrás. Mas hoje escolhemos uma tática mais simples e parecia até menos de meio século atrás Рnuma época em que a construção de moradias individuais em nosso país estava apenas começando. Por que abrimos o Manual do Mestre Construtor de 1956? Aqui está o que lemos lá sobre escadas em geral e sobre escadas de madeira em particular.

“A escada consiste em partes inclinadas alternadas com uma superf√≠cie escalonada (lances de escada) e partes horizontais (patamares).

De acordo com a localiza√ß√£o dos lances na escada, existem escadas de uma marcha, duas e tr√™s. A largura da plataforma intermedi√°ria n√£o deve ser menor que a largura da marcha e a largura da √°rea do piso √© determinada pela localiza√ß√£o conveniente das portas de entrada dos apartamentos, mas tamb√©m n√£o deve ser menor que a largura da marcha. O tipo mais comum de escada √© uma escada de dois lances, com lances para cima e para baixo separados na planta por um intervalo de 10-15 cm. A altura do corrim√£o acima do n√≠vel da plataforma √© geralmente de 0,9-0,95 m. O n√≠vel do piso da plataforma √© 2 cm abaixo do n√≠vel do solo das instala√ß√Ķes atendidas.

A escada deve ser vedada com paredes sólidas resistentes ao fogo. A escada deve ser separada do sótão por paredes e tetos que não sejam menos resistentes ao fogo do que as paredes da casa. Nesta cerca, apenas uma abertura para a entrada do sótão pode ser arranjada.

Os passos das marchas podem ser suportados por ambas as extremidades em longarinas ou cordas de arco (duas cordas), ou – com uma extremidade em longarinas e a outra – ser embutidos na parede (corda √ļnica), ou embutidos na parede com apenas uma extremidade e livremente pendurados com a outra (escadas sem cordas). Com marchas sem moldura, embutir o final do degrau em uma parede de tijolos s√≥ √© poss√≠vel com paredes n√£o mais finas do que um tijolo e meio.

As escadas de madeira para uso geral s√£o feitas de lance √ļnico e lance duplo. De acordo com as condi√ß√Ķes de seguran√ßa contra inc√™ndio, seu uso se limita principalmente a casas de um e dois andares. Os degraus est√£o localizados em longarinas ou cordas de arco.

Todas as partes das escadas de madeira s√£o feitas de madeira premium com um teor de umidade de no m√°ximo 12%. Os degraus dos degraus s√£o feitos de t√°buas de pinho ou carvalho de 3 a 5 cent√≠metros, se poss√≠vel sem n√≥s. Os degraus s√£o feitos de placas de pinho com 2,5 cm de espessura; as cordas do arco s√£o feitas de t√°buas de 18-20 cm de largura e 7 a 8 cm de espessura. A escada nas longarinas √© muito mais bonita do que nas cordas, mas para a longarina s√£o necess√°rias vigas de uma se√ß√£o grande, j√° que o entalhe dos degraus enfraquece as longarinas. Marchas e patamares de escadas de madeira comuns t√™m bainhas por baixo com placas finas e gesso para reduzir o risco de igni√ß√£o. ”

Mas eu me pergunto se algo mudou no mundo das escadas cl√°ssicas de madeira desde a √©poca em que o livro de refer√™ncia foi escrito. Em princ√≠pio, entendemos que a escada de madeira, por ser a ideia favorita de um desenvolvedor individual, permanecia assim – nada poderia mudar aqui. Mas, afinal, nada poderia ter mudado por tantos anos? Pedimos aos funcion√°rios da empresa de produ√ß√£o e comercial “MaLes” que nos ajudassem a descobrir. Hoje estamos conversando com o representante da empresa, Alexander Serafimovich Topilsky.

Vamos começar com uma pergunta obrigatória. Quais escadas sua empresa oferece??

Oferecemos apenas escadas de madeira em marcha. N√£o fazemos escadas em espiral e h√° raz√Ķes para isso. A escada instalada na casa serve de decora√ß√£o. Ela deve ser bonita, inteligente e, se poss√≠vel, individual. O interior da casa √© imediatamente transformado ap√≥s o aparecimento de uma escadaria. Por exemplo, no fundo do meu cora√ß√£o considero uma escada um elemento t√£o importante do interior quanto os m√≥veis, mas tamb√©m m√≥veis sobre os quais voc√™ pode caminhar. N√£o fazemos escadas em espiral. Claro, podemos fazer elementos individuais: degraus, etc., mas n√£o fazemos escadas inteiramente. N√£o fazemos isso porque as escadas em espiral n√£o podem ser feitas uma a uma, elas devem ser feitas de uma vez em uma s√©rie.

Para sua fabricação, é necessária uma rampa de lançamento, na qual as grades serão dobradas, etc. Quantas rampas uma empresa pode pagar Рduas ou três, não mais. Dois ou três tamanhos padrão de escadas serão fabricados nessas três rampas. Clientes ocasionais vêm até nós e, de alguma forma, não quero oferecer a cada um deles três tipos de escadas com pequenas mudanças na geometria de um pedido para outro. Melhor oferecer uma escada em marcha, para que cada cliente seja a sua. E oferecemos aos nossos clientes uma gama completa de serviços, do projeto à entrega chave na mão. Além disso, é claro, podemos fabricar qualquer peça de acordo com os desenhos do cliente..

Por exemplo, a restaura√ß√£o de escadas em casas antigas requer uma repeti√ß√£o exata do padr√£o de uma escada velha, porque corrim√£os e bala√ļstres racham durante uma vida √ļtil t√£o longa. Tivemos a oportunidade de nos dedicar ao restauro de escadas e fazer portas segundo desenhos, que j√° t√™m duzentos ou trezentos anos. Naturalmente, algumas nuances ser√£o diferentes, at√© porque as portas antigas eram feitas √† m√£o e agora s√£o feitas em m√°quinas. Mas, em geral, repete a porta de trezentos anos atr√°s.

A perda da individualidade do projeto √© a √ļnica raz√£o pela qual voc√™ se recusa a fabricar escadas em espiral?

Existe mais um motivo. Na minha opini√£o, as escadas em espiral, independentemente do seu tamanho, s√£o inconvenientes de usar. Subindo e voltando, mas descendo … Ou seja, escada em caracol √© uma escada com risco para a vida do cliente.

As escadas em espiral de madeira estavam crescendo. Isso foi facilitado principalmente por revistas que promoviam interiores da moda..

Todos eles competiam entre si para escrever que escadas em espiral s√£o compactas, bonitas e convenientes. Compacto – o que √©, isso n√£o pode ser tirado dessas escadas. Linda – bem, √© para o gosto de quem. Mas com o fato de serem convenientes, eu nunca concordaria. J√° tivemos casos em que substitu√≠mos a escada em espiral por uma escada em marcha. √Č que as pessoas uma vez prestaram homenagem √† moda dessas escadas, colocando-as em uma sala onde h√° espa√ßo suficiente para uma escada normal em marcha. E quando essa escada foi instalada para eles, pareceu-lhes que era boa. Depois de us√°-lo por um ou dois anos, eles decidiram que seria melhor pagar novamente, mas ter uma escada mais confort√°vel. Escadas de marcha em opera√ß√£o, √© claro, s√£o mais convenientes.

O que você chama de escada em marcha?

Chamamos de escada em marcha aquela que consiste em uma se√ß√£o reta ou em v√°rias se√ß√Ķes retas com curvas entre elas. A escada pode ser localizada ao longo da parede em forma de L, ou na parede em forma de U, ou em um quadrado fechado nos quatro lados. A este respeito, as escadas modernas n√£o s√£o diferentes daquelas que s√£o mencionadas no “Manual” muito cl√°ssico que voc√™ mencionou.

Escadas de madeira

Mas os princípios modernos da construção de escadas como o elemento funcional e decorativo mais importante de um edifício residencial e um objeto desenvolvido do pensamento de engenharia dos clássicos podem ser muito diferentes.

A escolha dos requisitos e caracter√≠sticas da escada, via de regra, deve-se √† solu√ß√£o arquitet√īnica e de planejamento geral de um edif√≠cio residencial. Havia mans√Ķes em que a escada era, como dizem, o “prego” do interior (mas este √© um caso bastante raro). Deveria ser uma escada aberta, arbitrariamente colocada em quartos de p√© direito duplo.

√Č claramente vis√≠vel de diferentes pontos de vista e tem um car√°ter cerimonial, mais precisamente representativo. Possibilidade de duplica√ß√£o em espelho de lances de escada para conseguir simetria. O patamar superior √†s vezes √© transformado em uma varanda ou parte da galeria no andar superior. Em geral, para arranjar tal escada, voc√™ s√≥ precisa ter uma casa grande.

Outra escada tamb√©m pode servir de “prego”, por exemplo, como mostra a foto √† direita. Tal solu√ß√£o de planejamento, como regra, determina a natureza do planejamento e as decis√Ķes art√≠sticas e decorativas de toda a casa, ou seja, s√£o escadas que exigem que todo o interior corresponda exatamente a elas, e n√£o vice-versa.

Uma escada de parede aberta √© uma op√ß√£o quando pelo menos um lance de escada sobe ao longo da parede. √Č poss√≠vel organizar marchas desiguais, principalmente quando h√° mais de duas.

Solu√ß√Ķes n√£o padronizadas tamb√©m s√£o poss√≠veis, por exemplo, quando o primeiro lance permanece aberto e recebe uma apar√™ncia apresent√°vel (aumentando a largura ou o acabamento cuidadoso de todos os detalhes, etc.), e ent√£o a escada se torna mais modesta ou, se voc√™ quiser, mais escondida e puramente funcional … Por acabamento cuidadoso dos detalhes entendemos, por exemplo, o uso de bala√ļstres entalhados. Por exemplo, esses bala√ļstres podem ser feitos em m√°quinas CNC.

A introdu√ß√£o de elementos de uma escada em espiral na estrutura pode ajudar a economizar espa√ßo – com voos retos, degraus de rodagem s√£o dispostos nas plataformas girat√≥rias. Em alguns casos, os degraus de amaciamento ajudam a reduzir o √Ęngulo de inclina√ß√£o dos lances de escada, o que torna as escadas mais seguras e confort√°veis. A abertura das portas para gira-discos e varandas torna-os dif√≠ceis de usar. Um pr√©-requisito neste caso √© a organiza√ß√£o da ilumina√ß√£o da escada..

Como estamos falando sobre a seguran√ßa e o conforto das escadas, vamos abordar essas quest√Ķes com mais detalhes. Os requisitos para garantir o m√°ximo de seguran√ßa e conforto de uso s√£o t√£o importantes que vale a pena estud√°-los com mais detalhes..

Devemos come√ßar com o fato de que escadas em marcha t√™m restri√ß√Ķes nos par√Ęmetros do lance de escadas. A largura do degrau deve ser de pelo menos 80 cm. Em tal escada, voc√™ pode subir e descer com calma, embora seja dif√≠cil para duas pessoas n√£o perceber. A escada mais estreita torna-se completamente inconveniente de operar.

Escadas de madeira

Portanto, uma largura de 80 cm √© o m√≠nimo quando ainda √© conveniente subir e descer, 90 cm √© aceit√°vel, 100 e acima √© confort√°vel. O tamanho de 100 cm √© considerado o ideal. A profundidade do degrau deve ser de pelo menos 30 cm, ou seja, n√£o deve ser menor que o comprimento do seu cal√ßado. O calcanhar deve se ajustar com firmeza e seguran√ßa ao degrau, caso contr√°rio, a escada n√£o ser√° segura. Algumas empresas sugerem limitar esse valor a 25 cent√≠metros. Em nossa opini√£o, isso n√£o √© suficiente, pois o comprimento do p√© de uma pessoa m√©dia √© de 27-30 cm (imediatamente pego uma r√©gua e me√ßo meu p√© bem no sapato – 29 cm. Portanto, sou a mesma pessoa m√©dia. – V.K.) E cada um de n√≥s pode subir de maneira relativamente normal em qualquer escadas, mas n√£o √© normal descer nenhuma delas. Os degraus mais confort√°veis ‚Äč‚Äčcom uma profundidade de 30 a 35 cm.

Uma altura de degrau confort√°vel √© considerada 15 cm (este valor √© chamado em muitos livros e publica√ß√Ķes especiais). Pela minha pr√≥pria experi√™ncia, posso dizer que o degrau mais conveniente √© com uma altura de 17 a 18 cm e uma largura de 30-35 cm. √Č conveniente para uma pessoa de tamanho m√©dio subir e descer esses degraus..

De onde vêm esses valores?

Todos eles s√£o calculados com base no passo m√©dio de uma pessoa – 45-50 cm, ou seja, independentemente do √Ęngulo de subida, a soma das dimens√Ķes do degrau – profundidade (piso) e altura (riser) – n√£o deve ultrapassar este indicador. Subir escadas exige um certo esfor√ßo, que aumenta com o aumento do √Ęngulo de inclina√ß√£o dos lances (de 30 para 60 ¬į). Com um √Ęngulo de mais de 45 ¬į, a escada torna-se “unidirecional”, ou seja, √© desej√°vel descer ao longo dela na mesma posi√ß√£o que subir. Com um √Ęngulo de 60 ¬į, √© dif√≠cil at√© mesmo subir escadas, portanto, com tal √Ęngulo de inclina√ß√£o, geralmente s√£o fornecidos degraus de largura vari√°vel. Em geral, quanto menor o √Ęngulo de inclina√ß√£o, mais confort√°vel √© a escada..

Al√©m disso, deve-se ter em mente que as crian√ßas e os idosos usar√£o as escadas. Por estes motivos, √© aconselh√°vel dividir a subida do piso em tr√™s ou mesmo quatro partes com zonas de descanso ou com rebobinadores na curva da escada. √Č neste caso que a escada de voo adquire as propriedades de uma espiral, mas √© muito mais segura do que isso. Essa escada √© visualmente melhor percebida..

Se houver crianças pequenas em casa, então, além dos corrimãos usuais, são feitos corrimãos adicionais para elas. Para idosos, o corrimão é repetido na parede.

Para proteger as crian√ßas ao usar as escadas, mais dois truques s√£o usados. Em primeiro lugar, em vez de um bala√ļstre, voc√™ pode instalar dois em cada degrau (neste caso, voc√™ pode usar bala√ļstres mais finos) – mesmo uma crian√ßa muito pequena n√£o ser√° capaz de rastejar por tal “pali√ßada” e, portanto, cair na escada. Em segundo lugar, voc√™ pode instalar “port√Ķes” tempor√°rios em ambos os lados do lance de escada, com constipa√ß√£o inacess√≠vel para a crian√ßa. Neste caso, a crian√ßa n√£o pode subir escadas sem a ajuda de adultos. Quando ele crescer e as escadas n√£o representarem mais uma amea√ßa √† sua vida, os “port√Ķes” podem simplesmente ser removidos.

Ao construir uma escada, √© preciso lembrar tamb√©m que a escada n√£o √© apenas uma ferramenta para elevar o corpo humano ao andar superior. √Č tamb√©m um lugar onde voc√™ carrega coisas, os mesmos m√≥veis. E a escada deve permitir que tudo isso seja feito. Na verdade, nem em todas as casas √© poss√≠vel instalar uma viga no telhado e levantar coisas pela janela com a ajuda de uma talha acoplada a ela. E voc√™ n√£o far√° isso toda vez que precisar elevar ou abaixar um arm√°rio at√© o segundo andar..

Como e de que escadas s√£o feitas?

O material de fabricação e construção das escadas, em primeiro lugar, afeta a imagem artística do interior. E as estruturas de madeira são as favoritas absolutas dos desenvolvedores modernos. Ecologicamente corretos, quentes, vários tons de elementos de madeira sólida se prestam a um processamento sofisticado, tradicional, bonito, acessível, mas com risco de incêndio.

Portanto, em uma grande casa ou institui√ß√£o, uma escada feita de materiais n√£o combust√≠veis √© desej√°vel. Aqui podemos oferecer um m√©todo universal, quando a parte de suporte de marchas e plataformas √© feita de concreto armado monol√≠tico, e os degraus e cercas s√£o “revestidos” com madeira. Isso aumentar√° a resist√™ncia ao fogo da estrutura, garantindo a confiabilidade desta rota de fuga mais importante em caso de inc√™ndio..

A escada mais simples e barata √© uma escada que consiste em uma se√ß√£o reta. Mas essas escadas raramente s√£o encomendadas agora. Conduzimos tal experimento de alguma forma. O cliente pedir√° a escada reta mais simples. Esse projeto foi conclu√≠do. Mas, ao mesmo tempo, o segundo projeto foi conclu√≠do – uma escada com plataformas girat√≥rias. Eles mostraram o projeto ao cliente, explicaram que essa escada parece muito mais espetacular e vai transformar a casa. Eles pensaram, olharam e, no entanto, concordaram com a segunda op√ß√£o. Saiu, claro, um pouco mais caro, o pre√ßo aqui depende do n√ļmero de voltas do tamanho dos degraus e plataformas.

Claro, as escadas mais bonitas s√£o feitas de carvalho e faia. Mas essas s√£o escadas, como se costuma dizer, para pessoas com dinheiro. O carvalho em si √© um material bastante caro, apenas a t√°bua original usada para fazer as escadas custa de 600 a 1000 d√≥lares por metro c√ļbico. Isso, em primeiro lugar, determina o alto custo dessas escadas. As mais simples s√£o escadas de madeira de con√≠feras: pinho, lari√ßo.

Eles s√£o mais baratos do que o carvalho e a faia – a madeira de con√≠fera seca de boa qualidade custa de 100 a 200 d√≥lares por metro c√ļbico, ou seja, o material custa quase 5 vezes mais barato. No total, verifica-se que uma escada feita de carvalho √© 2-3 vezes mais cara do que uma escada feita de agulhas de pinheiro do mesmo tamanho e padr√£o. Pois bem, ent√£o tudo √© decidido pelas possibilidades e gosto dos propriet√°rios. Deve-se notar que a mesma escadaria feita de pinho e carvalho parece completamente diferente..

O que quer que digam, o carvalho é um material nobre em si, enquanto o pinho é o pinho. Sim, é funcional e bonito, mas quase sempre perde em comparação com o carvalho. Carvalho bem acabado com acabamento em verniz Рé vivo, até brilha por dentro.

A √°rvore pode ser tingida em uma faixa bastante ampla. O carvalho e o pinheiro se comportam de maneiras completamente diferentes. Ao tingir pinho, toda a textura √© revelada: as camadas onde h√° menos resina absorvem a tinta e mudam de cor, onde mais resina n√£o. Como resultado, toda a textura se revela a tal ponto que o produto fica “manchado”, mais precisamente “listrado”. Portanto, um pequeno tom de madeira apenas desfigura. Se quisermos pintar o pinho, ent√£o com uma cor muito escura. Isso deve ser feito gradualmente, aplicando v√°rias camadas de mancha.

Devo dizer que cada um de nós tem sua própria ideia de qual deve ser a cor das escadas. Minha opinião pessoal é que as coníferas não podem ser tingidas em nenhum caso. Tingir estraga e degrada a aparência da escada acabada. O mais bonito, na minha opinião, é a cor natural da árvore, sejam agulhas ou carvalho. O carvalho, é claro, pode ser tingido, mas muito, muito levemente. Cada cliente sempre tem sua opinião sobre o assunto. Eles exigem tonificação para combinar com a cor das portas e a cor dos móveis.

O cliente tem sempre raz√£o, por isso iremos satisfazer todos os seus desejos, mas √†s vezes a apar√™ncia fica irremediavelmente estragada. Houve um pedido em que uma escada de carvalho foi pintada com esmalte branco. Claro, entendemos o desejo do cliente – afinal, o carvalho se distingue pela alta resist√™ncia ao desgaste e essa escada vai durar mais do que uma escada feita de madeira macia. Mas, em geral, na minha opini√£o, este √© o dano √† madeira de carvalho. Afinal, pl√°stico e pinho poderiam muito bem ter sido usados ‚Äč‚Äč- voc√™ ainda n√£o consegue distinguir sob uma camada de tinta.

Encaixar uma escada no design geral de uma sala nunca √© f√°cil. A op√ß√£o mais simples √© quando os m√≥veis e as portas s√£o escuros (quase pretos) e as paredes brancas. Pinte as escadas da mesma cor, e voc√™ n√£o vai sair do “design”. √Č verdade que, neste caso, n√£o importa de que madeira s√£o feitos estes ou aqueles elementos de interior, porque sob a cor escura da mancha ainda n√£o √© vis√≠vel. √Č praticamente imposs√≠vel mudar o design depois – voc√™ n√£o pode fazer madeira clara de uma madeira tingida para o preto, porque a mancha penetrou profundamente na madeira. Voc√™ ter√° que conviver com tal projeto pelo resto de sua vida. Portanto, antes de “enegrecer” a primeira pe√ßa de mob√≠lia de madeira, voc√™ precisa pensar com cuidado.

Para combinar a madeira clara com o design da sala, é claro, você precisa mexer. Agora temos alguns pedidos para nossas próprias casas, mas agora eles preferem construir suas próprias casas de madeira natural: madeira, toras arredondadas, etc. A decoração interior também é em madeira natural, principalmente de coníferas. A escada de madeira macia se encaixa em tal acabamento de forma simples e fácil. Mas não se esqueça de que é igualmente fácil encaixar nele uma escada de carvalho. Isso cria uma combinação interessante da cor natural da madeira de coníferas nas paredes com a cor natural do carvalho das escadas..

Quais são os erros típicos que os desenvolvedores individuais cometem antes mesmo de pedir as escadas??

Uma desgra√ßa t√≠pica de quem nos procura para pedir uma escada √© que a pe√ßa j√° numa casa acabada, onde fica um lugar para a escada, n√£o amarrado √† possibilidade de subir essas escadas. Normalmente, uma abertura de 1,5×1,5 metros √© deixada e acredita-se que uma escada confort√°vel e conveniente pode ser inserida em tal abertura. Isso √© autoengano. S√≥ uma escada desconfort√°vel e n√£o muito bonita pode ser inserida em tal abertura, mas ainda ser√° poss√≠vel subi-la. Mas muitas vezes voc√™ tem que refazer as aberturas..

A primeira recomendação para quem quer fazer uma escada é que o projeto da escada esteja vinculado ao projeto da casa. Ou seja, desde o início colocar a escada no projeto e não da maneira que a maioria dos arquitetos faz Рele desenha um símbolo para uma escada, e então descobre-se que o símbolo desenhado não tem nada a ver com a escada, já que é simplesmente impossível encaixá-lo no espaço restante. E o problema é que agora há tantos arquitetos e tão poucas pessoas que sabem projetar escadas que isso, via de regra, não cabe. A escada deve ser projetada por um especialista. E isso deve ser feito no estágio inicial de fazer uma casa.

H√° um grande contingente de desenvolvedores que n√£o contratam arquiteto, mas projetam tudo sozinhos. Tamb√©m existem projetos bastante sensatos que s√£o realizados com altera√ß√Ķes m√≠nimas, mas tamb√©m existem erros de design. Isso √© compreens√≠vel – muitos simplesmente n√£o sabem como projetar uma escada. Para eles, pode dar outro conselho – contacte uma empresa que posteriormente far√° as escadas. Certamente vai ajudar.

Em que est√°gio eles devem se inscrever?

√Č melhor fazer isso na fase de design. Por exemplo, n√£o projetaremos a escada desta forma, mas definitivamente diremos qual abertura deve ser deixada, onde as vigas devem ir e como fazer os suportes. Infelizmente, fazemos essas consultas quando a casa j√° foi constru√≠da e, como resultado, algo tem que ser refeito. E isso acontece com quase metade de nossos clientes..

Outro erro contra o qual quero alertar os desenvolvedores individuais. Hoje em dia as escadas de metal e madeira est√£o em voga, ou seja, escada com base met√°lica, “forrada” com elementos de madeira. Muitas pessoas querem economizar dinheiro na constru√ß√£o de uma escada, e est√£o tentando fazer tal escada de forma “artesanal” (n√£o estamos falando da op√ß√£o que voc√™ descreveu em sua revista no n√ļmero 8, mas de escadas feitas por um soldador comum, mesmo que muito experiente, mas n√£o um especialista na zona das escadas). Quantas dessas escadas n√£o embainhamos, praticamente n√£o vimos uma √ļnica normal entre elas. Acontece que quem cozinhou uma escada, sejam quais forem os especialistas que se autodenominam, cozinha-a estritamente a olho nu e cozinha, via de regra, da maneira que for mais conveniente para cozinhar, e n√£o da maneira como a escada deve ser feita..

Como resultado, cada degrau tem sua pr√≥pria altura e largura, e a escada torna-se desconfort√°vel ao caminhar. Al√©m disso, todos esses defeitos n√£o s√£o vis√≠veis antes do revestimento com madeira. E assim que for embainhado, fica imediatamente claro que a escada √© “kurguzaya”. Portanto, em todos os casos, eles foram obrigados a refazer a base de metal. Em geral, para que uma escada de madeira tenha uma apar√™ncia bonita, sua base de metal deve ter um design e uma constru√ß√£o lindas..

Via de regra, a maioria dos clientes esquece o desenho da escada, ou seja, a proteção contra queda nesta abertura. Então, de repente, descobre-se que o projeto da abertura custa quase a metade do preço das escadas. E as pessoas às vezes se esquivam quando você lhes diz isso. Mas sem isso, as escadas simplesmente não podem ser feitas..

E a √ļltima coisa que eu gostaria de chamar a aten√ß√£o de seus leitores. Algumas empresas oferecem ao cliente o revestimento das escadas com verniz colorido. N√£o h√° necessidade de passes multicamadas com manchas, etc. opera√ß√Ķes de trabalho intensivo. √Č verdade que tamb√©m usamos esse m√©todo, mas sempre alertamos o cliente sobre o que isso levar√°. E ele leva a isso. Depois de um tempo, o verniz se desgastar√° – ele simplesmente “ser√° eliminado” nas etapas. E ser√° imposs√≠vel restaurar a cor original do verniz em casa. Ou seja, ap√≥s 4-5 anos, a escada perde a apar√™ncia..

Com o m√©todo tradicional, voc√™ tinge a pr√≥pria madeira e cobre com verniz incolor por cima. Qualquer verniz, √© claro, √© apagado, n√£o importa o qu√£o dur√°vel seja. A √ļnica diferen√ßa √© que um apaga mais r√°pido e o outro mais devagar. Para restaurar a camada “enxugada” do verniz incolor, basta pegar um pincel e aplicar uma nova camada. Esta opera√ß√£o levar√° apenas uma ou duas horas e sua escada ficar√° com a apar√™ncia de nova novamente. O verniz colorido n√£o pode ser restaurado t√£o facilmente. Isso vai dissolver a camada anterior de verniz e o resultado √© um toque. Voc√™ pode, √© claro, usar uma pistola de pintura para restaurar, mas quantas casas temos onde voc√™ pode trabalhar com seguran√ßa com uma pistola de pintura? Afinal, voc√™ vai preencher as paredes e … Em geral, vai estragar o interior. Portanto, a vers√£o cl√°ssica em termos de manuten√ß√£o tamb√©m √© prefer√≠vel.

Iniciamos a conversa de hoje mencionando escadas importadas, amplamente representadas em nosso mercado. Isso n√£o quer dizer que italianos ou alem√£es n√£o tenham lugar em nosso mercado – eles oferecem escadas muito legais. Mas nenhum dos dois pa√≠ses tem sua pr√≥pria floresta – a floresta deles √© principalmente a nossa, russa. Ent√£o por que, da mesma floresta, italianos e alem√£es fazem uma escada que corresponde aos melhores padr√Ķes mundiais e vale “muito dinheiro”, e n√≥s fazemos escadas muito mais baratas e de pior qualidade. Eu fiz essa pergunta em uma das empresas que vendem escadas italianas. E voc√™ sabe o que ouviu em resposta? – “Ficar√≠amos felizes em negociar escadas dom√©sticas e elementos para sua constru√ß√£o.

Muitas vezes, as empresas nacionais v√™m at√© n√≥s e colocam seus produtos √† venda. Os mesmos bala√ļstres trazem um banquete para os olhos. Mas, com o tempo, esses belos bala√ļstres ficam cobertos de rachaduras, e o comprador imediatamente retorna para n√≥s com as reclama√ß√Ķes. S√≥ temos medo de nos envolver. Escadas bastante normais v√™m dos Estados B√°lticos – s√£o produtos bastante caros, pois cada bala√ļstre √© decorado com entalhes √† m√£o. Mas pelo menos n√£o √© assustador vend√™-los – eles n√£o secam e n√£o causam reclama√ß√Ķes. ”

Ent√£o, por que tudo isso est√° acontecendo? √Č realmente poss√≠vel na R√ļssia, onde n√£o existe nem mesmo um s√©culo, mas sim muitos milhares de anos de experi√™ncia no uso de madeira para a constru√ß√£o de tudo, n√£o h√° como fazer escadas de alta qualidade?

A quest√£o √© complexa. Uma das raz√Ķes para isso √© esta. Os estrangeiros compram madeira de n√≥s, como dizem, “na videira”, ou seja, na forma de toras rec√©m-serradas. Eles n√£o compram madeira seca de n√≥s, mas preferem cortar e secar eles mesmos as toras. √Č preciso muita energia para secar a madeira e a energia √© cara. Um fabricante nacional, para reduzir os custos de energia, muitas vezes encurta os modos de secagem ou conduz uma secagem acelerada. E o resultado √© madeira mal seca ou madeira queimada devido ao aumento da temperatura de secagem. Al√©m disso, a placa parece simplesmente perfeita. Mas assim que voc√™ come√ßa a process√°-lo, ele imediatamente explode.

E se n√£o estourar imediatamente, certamente ir√° rachar com o tempo. Temos repetidamente “investido” nisso at√© que adquirimos a experi√™ncia adequada e selecionamos fornecedores normais. Ou seja, j√° n√£o levamos madeira para lado nenhum e onde for mais barato, tiramos madeira apenas daqueles secadores onde temos confian√ßa em aderir √† tecnologia de secagem. For√ßar a ades√£o √† tecnologia de secagem s√≥ pode ser feito de forma econ√īmica, ou seja, recusando-se a pegar madeira mal seca. Se voc√™ recusar, a floresta √© comprada imediatamente e n√£o fica no dep√≥sito. Ou seja, √© abocanhado. E n√£o podemos nos dar ao luxo de construir escadas de “lixo” – afinal, devemos respeitar o cliente e a n√≥s mesmos pelo menos um pouco. Se voc√™ trapacear uma vez, perder√° muito mais.

Portanto, se voc√™ deseja obter uma escada de alta qualidade que dure muito, muito tempo e duraria mais que voc√™, todos os detalhes da escada devem ser feitos de material seco e devem ser colados. O fato √© que degraus, bala√ļstres e outros elementos de madeira maci√ßa, via de regra, levam, e depois de algum tempo perdem a forma e a apar√™ncia. As refer√™ncias ao fato de que antigamente as escadas eram feitas dessa maneira n√£o s√£o totalmente consistentes. Anteriormente, a madeira era seca por d√©cadas antes de ser usada para construir escadas. Isso aconteceu sob toldos ao vento e, como resultado, a √°rvore secou completamente.

Agora toda a secagem √© artificial. E a secagem artificial e a natural s√£o, como se costuma dizer em Odessa, duas grandes diferen√ßas. Portanto, se um degrau for feito a partir de uma t√°bua seca artificialmente, depois de um tempo ela certamente ser√° conduzida e ir√° rachar. Portanto, √© imperativo col√°-lo de placas separadas – parcelas. O lote deve ter um determinado tamanho. Produtos colados baratos s√£o unidos em uma junta lisa – duas superf√≠cies lisas s√£o coladas. Devo dizer que essa colagem n√£o fornece um servi√ßo de longo prazo. Muito mais confiabilidade e durabilidade s√£o proporcionadas pela colagem das plotagens por meio da “chave”. “Cavilha” tem uma certa propor√ß√£o de tamanho em rela√ß√£o √†s parcelas coladas.

Ao conectar as pe√ßas, as cavidades permanecem entre elas para compensar poss√≠veis mudan√ßas nas dimens√Ķes devido √†s mudan√ßas na umidade. Para que uma escada, que √© bastante cara, possa servir por muito tempo e sem falhas, ela deve ser “colada”. E todos os fabricantes de escadas que se prezam em todo o mundo fazem exatamente isso..

Bem, e a √ļltima pergunta obrigat√≥ria. Pre√ßos?

O preço médio dos componentes para um metro corrido de uma seção reta de uma escada é assim:

  • longarinas 2 pe√ßas. x 1 p./m – $ 240;
  • etapas 3 pcs. – $ 105;
  • risers 3 pcs. – $ 60;
  • bala√ļstres 3 unid. – $ 75;
  • travesseiros 3 unid. – $ 15;
  • corrim√£o 13h / m√™s – $ 25.
  • TOTAL: $ 520

    Esta lista n√£o inclui acabamentos e outros elementos necess√°rios, como postes de apoio, “rodap√©s”, buj√Ķes, etc., bem como o custo de montagem, tonifica√ß√£o (+ 5%) e envernizamento (+ 5-10%). Ao estimar o custo, deve-se ter em mente que o custo da bobinadeira √© cerca de 2,5 vezes maior do que o usual.

    Em geral, uma boa escada “chave na m√£o” para um piso custa: de agulhas de pinheiro – 2,5-4 mil d√≥lares; de carvalho – de 4 a 7 mil d√≥lares.

    Texto: Vadim Kovalev

    Avalie este artigo
    ( Ainda sem avalia√ß√Ķes )
    Adicione coment√°rios

    ;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: