Como cuidar de cicl√Ęmen em casa

Esta planta perene de ra√≠zes pertence √† fam√≠lia Mirsinov e √© comum no Ir√£ e na √Āfrica. A flor tem outros nomes – violeta alpina ou esc√≥ria. Ao comprar, muitos n√£o sabem como cuidar do cicl√Ęmen em casa e cuidar dele tem alguns recursos. A violeta alpina adora boa ilumina√ß√£o e ar √ļmido. Esta linda flor de interior com flores vermelhas aparece cada vez mais nas prateleiras das estufas, pois floresce no inverno, criando uma atmosfera agrad√°vel e alegre com suas p√©talas brilhantes..

Cyclamen Care

Muitos jardineiros iniciantes t√™m uma pergunta – como cuidar de flores de cicl√Ęmen em casa? H√° uma opini√£o de que esta planta √© exigente e exigente, e √© muito dif√≠cil cuidar dela – no apartamento uma planta de montanha n√£o floresce bem, sofre de doen√ßas incur√°veis. De fato, o oposto √© verdadeiro – o cicl√Ęmen √© despretensioso em casa e os problemas associados a ele ocorrem frequentemente devido √† falta de conhecimento dos jardineiros sobre como regar, cultivar, propagar e proteger a flor de pragas.

A violeta alpina possui mais de 20 esp√©cies; no entanto, na cultura da sala, as mais populares s√£o duas: cicl√Ęmen persa e europeu. A vida da planta √© encerrada em tub√©rculos, uma vez que existem todos os nutrientes que ajudam a porcaria a sobreviver em um per√≠odo inativo. O crescimento e o florescimento do cicl√Ęmen caem no per√≠odo de outubro a mar√ßo, e o resto do tempo ele descansa. Portanto, √© muito importante conhecer as nuances dos cuidados adequados para violetas alpinas: com que frequ√™ncia molhar, onde colocar, que temperatura √© necess√°ria.

Durante a floração

Cicl√Ęmen de flora√ß√£o

Durante esse per√≠odo, a planta precisa de uma sala com ilumina√ß√£o intensa e rega moderada. A flor prefere frio (12 – 15 graus Celsius), portanto, os floristas n√£o recomendam colocar o cicl√Ęmen em uma panela perto de baterias ou l√Ęmpadas. A violeta alpina adora ilumina√ß√£o difusa e brilhante, mas n√£o ensolarada – queimaduras podem aparecer nas folhas e come√ßar√£o a ficar amarelas. O ar limpo e a umidade ideal (50%) ajudar√£o a planta a manter a flora√ß√£o e a apar√™ncia saud√°vel, al√©m de evitar doen√ßas.

O rega cicl√Ęmen deve ser moderado e regular, √† temperatura ambiente. Ao executar esse procedimento, √© aconselh√°vel n√£o pulverizar folhas e tub√©rculos, pois o excesso de umidade leva √† podrid√£o da planta. A melhor op√ß√£o √© derramar √°gua cuidadosamente na borda da panela. O cicl√Ęmen europeu ou persa durante a flora√ß√£o deve ser fertilizado uma vez a cada duas a tr√™s semanas. A fertiliza√ß√£o n√£o deve conter muito nitrog√™nio, pois isso leva ao crescimento de folhas, n√£o de brotos e flores.

Após a floração

Cicl√Ęmen ap√≥s a flora√ß√£o

Um ciclo de crescimento ativo e flora√ß√£o (3-4 meses) √© seguido por um per√≠odo inativo. Nesta fase, o cicl√Ęmen “deixa cair” flores e folhas, que come√ßam a ficar amarelas e morrem nos pr√≥ximos dois meses. Durante esse per√≠odo, √© necess√°rio reduzir gradualmente a rega da planta a um m√≠nimo – o excesso de umidade leva √† podrid√£o do tub√©rculo. Durante a dorm√™ncia, o violeta alpino √© movido para um local fresco com pouca luz..

Como transplantar cicl√Ęmen

Transplante de cicl√Ęmen

No final do ver√£o, √© aconselh√°vel transplantar uma violeta alpina em solo fresco. Este procedimento tem suas pr√≥prias caracter√≠sticas. Antes do transplante de cicl√Ęmen, √© necess√°rio preparar o solo, que cont√©m: duas partes de turfa, folha e terra, uma parte de areia. √Č necess√°rio transplantar cuidadosamente em um vaso para que as ra√≠zes n√£o sejam danificadas. √Č aconselh√°vel processar a terra com uma solu√ß√£o de permanganato de pot√°ssio e vapor, uma vez que esta planta de interior √© facilmente afetada por v√°rias pragas. N√£o enterrando completamente o tub√©rculo – as ra√≠zes est√£o no fundo do cicl√Ęmen – elas precisam de um lugar para crescer.

Propaga√ß√£o do cicl√Ęmen

Na verdade, esse procedimento pode ser realizado independentemente em casa, mas, para que funcione corretamente, voc√™ deve saber como o cicl√Ęmen se reproduz. Existem duas maneiras – por semente ou vegetativamente (divis√£o de tub√©rculos). A violeta alpina √© muito sens√≠vel a todos os tipos de interven√ß√Ķes, portanto, ambos os processos de cria√ß√£o devem ser realizados com cuidado. Para os floristas iniciantes, os floristas s√£o aconselhados a comprar um mini mix de cicl√Ęmen e experimentar. Este kit inclui plantas com dois ou tr√™s tub√©rculos que permitir√£o v√°rias opera√ß√Ķes de melhoramento..

Tubérculos

O m√©todo de divis√£o vegetativa √© traum√°tico para a planta, portanto, raramente √© usado em condi√ß√Ķes ambientes. A colheita da raiz do cicl√Ęmen n√£o produz brotos – √© necess√°rio cortar o tub√©rculo-m√£e, que amea√ßa apodrecer a flor inteira. Para esse procedimento, use plantas velhas, cuja idade √© de v√°rios anos. Para que o processo de divis√£o seja bem-sucedido, √© necess√°rio executar v√°rias opera√ß√Ķes:

Propagação de tubérculos

  1. Aguarde até que as folhas da planta estejam completamente mortas..
  2. Remova com cuidado o tubérculo da panela e livre do solo..
  3. Propague o tubérculo com uma faca limpa no centro, de cima para baixo, para que cada parte tenha raízes.
  4. Trate com fungicidas (produtos qu√≠micos antif√ļngicos) e deixe secar.
  5. Plantar em vasos diferentes.

Cicl√Ęmen crescente a partir de sementes

Como cultivar esta planta a partir de sementes? Muito simples. Este m√©todo de propaga√ß√£o de violetas alpinas √© mais comum e n√£o t√£o complicado quanto vegetativo. Para obter sementes de cicl√Ęmen em casa, √© necess√°rio polinizar a planta artificialmente. Para fazer isso, voc√™ precisa de um pincel macio, que aplique cuidadosamente o p√≥len de uma flor para outra. Depois de algum tempo, as sementes nascem. Seu cicl√Ęmen se esconde em uma pequena caixa sob as folhas mais pr√≥ximas do ch√£o. √Č aconselh√°vel obter frutos antes do momento em que entram no solo – o amadurecimento ocorre antes do florescimento das violetas alpinas.

Cicl√Ęmen em crescimento a partir de sementes

√Č melhor semear as sementes de cicl√Ęmen no in√≠cio da primavera, depois de mergulh√°-las com uma droga que acelera o crescimento das flores (por exemplo, “Epin”). Coloque as frutas em solo fresco e est√©ril para evitar a podrid√£o. As primeiras mudas aparecer√£o 30-40 dias ap√≥s a semeadura, em circunst√Ęncias adequadas para germina√ß√£o e flora√ß√£o: temperatura 18 a 20 graus acima de zero, espa√ßo escuro e solo √ļmido.

Doenças do cíclame

A violeta alpina √© uma delicada flor dom√©stica, portanto √© suscet√≠vel a v√°rias doen√ßas. Cuidar de uma planta implica que uma pessoa tenha habilidades e conhecimentos sobre como reviver o cicl√Ęmen se come√ßar a desbotar ou o que fazer se suas folhas come√ßarem a ficar amarelas. Podrid√£o, pulg√Ķes e carrapatos s√£o alguns dos principais inimigos das violetas alpinas. Existem v√°rios sintomas que distinguem uma determinada doen√ßa do cicl√Ęmen..

As folhas ficam amarelas

Folhas amareladas

Se isso acontecer, a planta n√£o ter√° luz suficiente, ar limpo ou estar√° quente. Se as folhas forem amarelas, voc√™ deve mover a flor para uma sala mais clara, mas n√£o sob luz solar direta. √Č melhor deixar o cicl√Ęmen “respirar” ar fresco colocando-o no parapeito da janela pela janela aberta. Outra raz√£o para o amarelecimento das folhas pode ser a rega insuficiente da planta – voc√™ deve umedecer o solo, mas n√£o exagere. Devido ao excesso de √°gua, o violeta alpino come√ßar√° a apodrecer..

Torção de folhas

Onda de folha

No processo de danificar a flor por pragas ou pelo ambiente externo, o cicl√Ęmen pode enrolar as folhas. Esse efeito negativo pode ser causado por v√°rios motivos:

  1. A presen√ßa de pragas (carrapatos, pulg√Ķes, tripes).
  2. As flores da casa são afetadas por bactérias ou fungos..
  3. Contaminação do solo ou alagamento.
  4. Alta temperatura ambiente.

Para se livrar de pragas, fungos e bact√©rias, v√°rios procedimentos devem ser realizados. Ver parasitas √© poss√≠vel apenas atrav√©s de um microsc√≥pio, por isso √© muito dif√≠cil detectar a doen√ßa em um est√°gio inicial. Nesse sentido, a planta precisa de preven√ß√£o, que consiste em trat√°-la com pesticidas. Se as pontas danificadas pelas pragas j√° estiverem vis√≠veis, a melhor solu√ß√£o seria remover folhas torcidas, transplantar cicl√Ęmen em solo fresco, com a adi√ß√£o de inseticidas para controlar carrapatos ou pulg√Ķes (“Top√°zio”, “Fitosparina”, outros).

Por que n√£o floresce

Doença de Fusarium

Retardar o crescimento e o florescimento do cicl√Ęmen pode ser devido a v√°rias raz√Ķes. Um dos principais √© o fusarium. Esta doen√ßa causa danos aos tecidos das violetas alpinas. Com a fusariose, os vasos da planta s√£o preenchidos com subst√Ęncias t√≥xicas. Isso leva ao fato de que o cicl√Ęmen deixa de florescer e as folhas ficam amarelas. A les√£o inicial √© dif√≠cil de determinar pelo olho, porque a causa da doen√ßa est√° no solo ou nas sementes. √Č desej√°vel lutar com o fusarium com a ajuda de fungicidas (por exemplo, “Agat-25K”), que s√£o prejudiciais √† fonte da doen√ßa.

Veja também: gardênia Рatendimento domiciliar, poda, reprodução e doença.

Quando preciso transplantar o cicl√Ęmen em ambiente interno? Devo fazer isso logo ap√≥s a compra ou aguardar o in√≠cio de um novo ciclo de flora√ß√£o? Como cuidar ap√≥s a compra? De que solo √© necess√°rio e em que consiste? Como cuidar de flores de cicl√Ęmen em casa e o que amea√ßa o processo de transplante errado? O que fazer se a planta n√£o se enraizar no novo solo? Deseja saber tudo sobre o cicl√Ęmen? Voc√™ encontrar√° respostas para essas e outras perguntas assistindo √†s instru√ß√Ķes detalhadas em v√≠deo:

Avalie este artigo
( Ainda sem avalia√ß√Ķes )
Adicione coment√°rios

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: