Como diversificar adequadamente seu portfólio

A diversificação é uma parte essencial do trabalho com investimentos para iniciantes e investidores experientes. Oferece segurança, reduz riscos e reduz a exposição a flutuações do mercado.

Informaremos como diversificar seu portfólio, por onde começar, qual modelo usar e o que procurar para que os riscos diminuam e os lucros aumentem.

Por que diversificar ativos

diversificar portfólio

O termo “diversificação” é derivado da diversidade inglesa, que significa “diversidade”. Daí o princípio principal – a carteira de investimentos deve ser ampliada, ou seja, comprar várias ações e títulos, e não investir em apenas um ativo ou um setor da economia.


Por que a diversificação é útil? Vamos imaginar três cenários:

  • Você tem um portfólio de 150.000 rublos, que consiste inteiramente em ações da companhia de petróleo. Sob a influência de fatores negativos, todo o setor cai em valor em 20%. O seu portfólio também se deprecia – de 150 mil para 120 mil, o que é um duro golpe.
  • O portfólio consiste em 50.000 títulos e 100.000 ações de petróleo. Aqui, se você cair 20%, perderá menos – apenas 20, não 30 mil.
  • Composição do portfólio: 50 mil títulos, 25 empresas petrolíferas, 25 empresas médicas, 25 empresas de metalurgia ferrosa e 25 bens de consumo. Nesse caso, com uma queda semelhante no mercado de petróleo em 20%, as perdas serão de apenas 5.000 rublos..

Além disso, uma redução no preço de um ativo é compensada por um aumento em outro ou em vários outros. Isso não apenas impede que o portfólio perca valor, mas também garante seu crescimento.


Assim, quanto mais diversificados os ativos, mais calmamente o investidor experimenta a queda nos preços de alguns deles.. É claro que toda a economia mundial pode entrar em colapso, mas isso raramente acontece. Às vezes, problemas sérios surgem em setores, áreas ou empresas específicas. Quando isso acontece, um investidor com um portfólio diversificado tem sangue frio. Ele não perde muito dinheiro, porque outros investimentos compensam a crise.

Estratégia de alocação de ativos em uma carteira de investimentos

diversificar portfólio

Com o tempo, cada investidor desenvolve sua própria abordagem para quantos ativos de um tipo específico ele deseja ter em seu portfólio. Essas coisas são moldadas através da prática, apetite de risco pessoal e compreensão do seu temperamento de investimento. Portanto, copiar a estratégia de alguém (mesmo um investidor de muito sucesso) está errado. É importante começar com um modelo básico e, em seguida, adquirindo experiência, ajuste-se..


Princípios gerais


Uma boa diversificação implica diversidade em todos os níveis:

  • Moeda. Você deve ter fundos em moeda estrangeira. O melhor de tudo – na reserva, porque, em regra, é mais estável do que a nacional (libra esterlina, dólar americano, euro, franco suíço, yuan chinês, iene japonês). Escolha a pessoa com quem lida com mais frequência e coloque o mínimo de capital lá. Por exemplo, 30%. Portanto, você não precisa transferir dinheiro com frequência e perder nas taxas de câmbio.
  • Tipos de ativos. A carteira deve incluir ativos de alto risco (ações) e baixo (títulos). Os primeiros são mais rentáveis ​​a longo prazo e proporcionam crescimento. Estes últimos dão um pequeno lucro, mas protegem contra fortes rebaixamentos.
  • Indústrias. Acontece que em algumas áreas da economia, todas as ações começam a declinar, enquanto em outras a situação permanece ou as coisas estão subindo. Portanto, selecione ativos de diferentes setores.
  • Empresas. Pode acontecer que, com uma tendência positiva geral no setor, as ações de uma empresa em particular percam valor. Em um portfólio diversificado, esse declínio é compensado pelo sucesso de outras empresas.

Resumo. Um portfólio diversificado contém diferentes tipos de ativos que pertencem a diferentes setores. Quanto maior a variedade, menor a chance de uma queda em uma das posições impactar significativamente todo o portfólio.


Títulos


Com este tipo de títulos, tudo é simples. Os títulos devem compreender uma porcentagem na carteira igual à idade do investidor:

  • 25 anos: 25% – títulos, 75% – ações.
  • 40 anos: 40% – títulos, 60% – ações.

O ponto é que a relação entre títulos e patrimônio em uma carteira é um reflexo da vontade de correr riscos. As ações são um grande lucro e um grande risco. Títulos são baixos retornos e baixo risco.

Quanto mais velha a pessoa é, mais importante é para ela manter o dinheiro ganho, portanto, com a idade, o risco deve ser reduzido. Na juventude, há tempo para corrigir erros e restaurar o capital. Portanto, você pode correr mais riscos para obter melhores lucros..

Lembre-se, esta é uma recomendação básica para a proporção de valores mobiliários. Se você já se sente bem com a tolerância a riscos e está pronto para criar um portfólio mais arriscado ou estável – ajuste-se.


Ações


Analistas dizem que carteiras bem diversificadas contêm de 10 a 14 títulos. Você pode se desviar desses números quando estiver confiante em suas ações, mas não se esqueça:

  • Se a carteira tiver menos de 10 títulos, torna-se muito arriscado.
  • Se a carteira contiver mais de 14 títulos, ela não recebe benefícios adicionais da diversificação e perde em rentabilidade. Também se torna mais difícil de gerenciar..

Como já mencionado, a diversificação envolve a compra de ações não apenas de diferentes empresas, mas também de investimentos em diversos setores. Se você planeja comprar 14 títulos, escolha entre 7-8 áreas da economia. Tente garantir que todas as empresas tenham aproximadamente a mesma quantidade de investimento. Investir metade do dinheiro na Rosneft e dividir o restante entre 10 a 12 outras empresas é uma péssima abordagem.

Como diversificar seu portfólio: instruções passo a passo

diversificar portfólio

Com base nos conselhos apresentados, analisaremos como diversificar razoavelmente um portfólio com um capital de 500.000 rublos:

1. Converter parte do capital em moeda. Digamos 150.000 rublos (30%) – em dólares. Eles podem ser mantidos em depósito ou investidos em ativos estrangeiros (a carteira de dólares deve ser criada e diversificada separadamente da do rublo).

2. Compre títulos. Se você tem 30 anos, eles devem ter 30% – por 105.000 rublos.

3. Invista os 245.000 rublos restantes em ações. Encontre de 10 a 14 empresas de 6 a 8 setores e invista nelas. A participação de cada ativo no portfólio deve ser de 18.000 a 25.000 rublos.direito direito

Essa é uma maneira fácil de diversificar seu portfólio. Na prática, o capital também pode ser imobiliário, metais preciosos, fundos mútuos, ETFs, projetos de risco. Nesse caso, também é necessário diversificar, levando em consideração o potencial retorno e risco de cada um dos ativos..

Artigos semelhantes
  • O investimento certo que definitivamente funcionará

    A prosperidade a longo prazo é baseada no investimento certo e na economia certa de dinheiro. Mas qual é o investimento certo? Meios corretos…

  • Como escolher as ações certas para investir

    Uma pessoa que começa a investir está em uma encruzilhada. Ele precisa escolher o material certo entre uma variedade de opções. Especialmente quando se trata de…

  • Vender tudo

    O que não fazer quando ocorre uma desaceleração do mercado O mercado de ações é volátil e é difícil prever seu comportamento futuro. Até o investidor mais otimista…

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

Como diversificar adequadamente seu portfólio
Pistolas de calor – tipos, recursos do dispositivo e aplicativos