Comunhão na Igreja: Como se Preparar para o Rito

Um dos principais ritos sagrados da Igreja Ortodoxa é a comunhão do crente. O sacramento da Eucaristia, realizado sinceramente, ao chamado da alma, é de grande importância para o cristão. Passar no sacerdócio com uma compreensão da essência e importância do ritual leva ao arrependimento sincero, ao perdão e à limpeza espiritual..

O que é comunhão

Pertencer a uma denominação religiosa implica a observância de tradições. O que é a Eucaristia? A cerimônia religiosa mais importante envolve receber das mãos do clérigo e subsequente degustação de pão e vinho, simbolizando a carne e o sangue de Jesus Cristo. O sacramento inclui orações, reverências, cânticos, sermões. A comunhão no templo apresenta uma pessoa a Deus, fortalece uma conexão espiritual com os poderes superiores. Realizar o rito na igreja requer a pureza do crente, tanto física quanto mental. Confissão e preparação devem preceder a comunhão.

O sacramento da comunhão

O rito se origina da Última Ceia, que precedeu a crucificação de Cristo. Tendo se reunido com os discípulos à mesa, o Salvador pegou o pão, dividiu-o em partes e o distribuiu com as palavras de que era Sua Carne. Então Cristo abençoou a taça de vinho, nomeando seu conteúdo como Sangue. O Salvador legou aos seguidores que realizassem sempre uma cerimônia em memória Dele. Esse costume segue a Igreja Ortodoxa Russa, na qual o ritual da Eucaristia é realizado diariamente. Nos tempos pré-petrinos, estava em vigor um decreto segundo o qual todos os leigos eram obrigados a receber a comunhão na igreja pelo menos uma vez por ano..

Por que a comunhão é necessária

O sacramento da comunhão é de grande importância para o crente. Um leigo que não deseja realizar o rito da Eucaristia, está afastado de Jesus, que ordenou observar a tradição. A interrupção da conexão com Deus leva à confusão, medo na alma. Uma pessoa cuja comunhão na igreja ocorre regularmente, pelo contrário, é fortalecida na fé religiosa, torna-se mais pacífica, mais próxima do Senhor.

Sacerdotes participam da congregação

Como participar da igreja

A Eucaristia é o primeiro passo que uma pessoa dá para Deus. Este ato deve ser consciente, voluntário. Para confirmar a pureza de sua intenção, o leigo deve se preparar para a comunhão na igreja. Primeiro, você precisa se desculpar com aqueles que podem ser ofendidos por você. Por vários dias antes do ritual, um adulto precisa:

  • Observe o jejum, recusando-se a comer pratos de carne, ovos, laticínios. As restrições alimentares são aplicadas por um período de um a três dias – dependendo da condição física.
  • Abandone o hábito de “comer” a si mesmo e aos outros. Agressão interna deve ser minimizada. Você precisa se comportar de maneira amigável com os outros, ajuda desinteressada com os outros é útil.
  • Excluir palavrões, tabaco, álcool, intimidade da vida cotidiana.
  • Não participe de entretenimento, não assista a programas de TV divertidos.
  • Leia as orações da manhã e da noite.
  • Participar da liturgia, ouvir sermões. É especialmente recomendado assistir ao culto da noite na véspera do dia da comunhão, leia o seguinte.
  • Estude literatura espiritual, leia a Bíblia.
  • Confesse na véspera do sacramento na igreja. Isso requer uma compreensão da vida, eventos e ações. A confissão sincera é necessária não apenas como preparação para a comunhão. O arrependimento torna o crente mais limpo, dá uma sensação de leveza, liberdade.

A menina lê a Bíblia

Rito de Comunhão

No dia da cerimônia, você precisa pular o café da manhã e chegar cedo ao templo, sentir a atmosfera do lugar, se preparar, sintonizar da maneira certa. O que é comunhão na igreja? O sacramento começa durante o serviço, mais perto do fim. As Portas Reais se abrem e uma relíquia é trazida aos visitantes – uma tigela com presentes consagrados – Cahors e pão. Os alimentos são símbolos da carne e do sangue do Salvador. A tigela é colocada em uma plataforma especial chamada púlpito. Padre lê oração de ação de graças pela comunhão.

Como participar da igreja? Cada paroquiano que vem ao copo, o clérigo dá para provar a comida de uma colher. Você precisa se aproximar, cruzar os braços em uma cruz sobre o peito e dar seu nome. Então você deve beijar a base da tigela. Você pode deixar o templo após o término do serviço. Antes de sair, você precisa beijar a cruz. O ritual, feito com sinceridade e de todo o coração, aproxima o crente de Cristo, dá felicidade à alma, salvação. É importante manter a santa graça no coração após o sacramento, para não perdê-la fora da igreja.

O sacerdote realiza o rito do sacramento do paroquiano

Como é a comunhão das crianças

A comunhão de uma criança é importante para o seu amadurecimento espiritual. O ritual é necessário para que o bebê esteja sob os cuidados de um anjo da guarda, em cuja honra ele foi batizado. A primeira comunhão na igreja ocorre após o batismo. Crianças menores de sete anos não precisam confessar no dia anterior. Não importa quantas vezes os pais do bebê se comuniquem na igreja e se eles fazem isso.

Uma regra importante da comunhão infantil na igreja é conduzir o ritual com o estômago vazio. É permitido tomar café da manhã para uma criança muito pequena. É melhor alimentar o bebê pelo menos meia hora antes do ritual, para que ele não arrote. Depois de três anos, as crianças devem preferencialmente ser levadas à igreja com o estômago vazio, mas não existe uma regra estrita. É importante que a criança se acostume gradualmente às restrições durante a preparação. Por exemplo, você pode remover jogos, desenhos animados, carne, algo muito saboroso. Regras de oração não exigidas por crianças.

Com os bebês, você pode ir ao próprio sacramento. Com filhos mais velhos, você pode chegar cedo, dependendo de quanto tempo a criança possa ficar no templo. As crianças geralmente não têm paciência, pelo contrário, têm muita energia. Isso deve ser entendido e não fazer o bebê ficar em um só lugar, incutindo uma antipatia pelo ritual. Durante o sacramento, um adulto pronuncia o nome da criança. Quando o bebê cresce, ele deve nomear a si mesmo.

Comunhão da menina na igreja

Como é a comunhão dos pacientes

Se uma pessoa, por motivos de saúde, não puder ouvir a liturgia, faça a comunhão nas paredes da igreja, isso pode ser facilmente resolvido com a realização de uma cerimônia em casa. Pacientes graves são admitidos pelos cânones da Ortodoxia ao procedimento. Não é necessário ler orações e rápido. No entanto, a confissão com arrependimento pelos pecados é necessária. Os pacientes podem receber comunhão depois de comer. Os padres costumam visitar hospitais para praticar e participar de pessoas.

Quantas vezes você pode participar do rito sacramental

O rito deve ser realizado quando a alma o desejar, quando houver uma necessidade interior. O número de sacramentos não é regulado pelos representantes do Patriarcado. Muitos crentes recebem comunhão uma ou duas vezes por mês. A cerimônia é necessária para ocasiões especiais – em casamentos, batismos, nos dias de nome, durante as grandes festas. A única limitação é a proibição do sacramento mais de uma vez por dia. Dons sagrados são servidos em dois vasos da igreja, você precisa tentar apenas em um.

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

Comunhão na Igreja: Como se Preparar para o Rito
Hidroponia: características do cultivo de vegetais, ervas, morangos