Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

Uma cozinha moderna é muito exigente no fornecimento de energia elétrica, portanto, ao traçar um plano para a sua eletrificação, é necessário levar em consideração todas as características importantes que distinguem esta divisão das outras divisões..

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

À primeira vista, pode parecer que a cozinha não supera muito as outras divisões no consumo de energia, mas se pegarmos numa calculadora e calcularmos todas as potências que ela representa, veremos uma clara preponderância. Portanto, atenção especial deve ser dada à segurança elétrica da cozinha, começando pela etapa de escolha da fiação.

Além disso, se em outras salas as tomadas e um interruptor são instalados principalmente a uma altura padrão do chão, aqui é necessário levar em consideração a disposição dos móveis e dos consumidores elétricos. Também é necessário distinguir entre diferentes categorias de consumidores, uma vez que deles dependem os requisitos para a seção transversal do fio e a corrente máxima para a qual a tomada foi projetada. A cozinha pertence a ambientes úmidos, portanto, atenção especial deve ser dada à proteção contra choque elétrico.

Cálculo de capacidade e seleção de fiação

Uma das etapas principais no projeto de cozinha é determinar o poder do projeto. O funcionamento normal de toda a cozinha vai depender de como é calculado corretamente. Para fazer isso, você precisa decidir sobre os principais consumidores que serão instalados. Normalmente a carga principal recai sobre um fogão elétrico, geladeira, cafeteira, micro-ondas, lava-louças. A lista de eletrodomésticos adicionais é interminável. O valor do consumo de energia pode ser encontrado nas instruções elétricas..

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

Ao instalar a fiação na cozinha, um cabo de três núcleos é usado (exceto para a fiação de iluminação). Aqui estão alguns exemplos de seções transversais adequadas para diferentes tipos de equipamentos de cozinha:

  • fogão elétrico – não inferior a 4 mm2
  • forno elétrico – não inferior a 2,5 mm2
  • iluminação – 1,5 mm2
  • chaleira e máquina de lavar louça – mais de 2,5 mm2

Para os aparelhos elétricos que não estão na lista, a escolha da seção transversal do fio é feita com base em 1 kW por seção transversal do condutor de cobre de 1,57 mm2. Se a fiação for instalada na parede, é melhor usar um cabo com isolamento duplo (para proteção contra umidade, flutuações de temperatura, etc.).

Quadro elétrico

Recomenda-se dividir toda a fiação da cozinha nos seguintes grupos:

  • iluminação
  • eletrodomésticos de baixa potência
  • aparelhos elétricos de energia
  • alarme, iluminação de emergência

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

Para tal, é aconselhável instalar um painel separado na cozinha, de onde serão alimentadas todas as tomadas. Uma alternativa ao quadro elétrico pode ser uma caixa de derivação, na qual todas as linhas de tomadas e iluminação serão conectadas. Porém, neste caso, será impossível desconectar cada linha separadamente, e sua proteção será comum. No caso de ocorrer uma pane em algum lugar, você terá que desligar completamente a eletricidade, o que é bastante inconveniente.

Um disjuntor é instalado no quadro elétrico que pode suportar a corrente nominal da cozinha. Ele alimenta as máquinas com um valor de corrente nominal inferior ao qual os grupos de tomadas estão conectados. Recomenda-se colocar uma máquina separada no fogão elétrico. Para o circuito de iluminação, devido ao baixo consumo de energia elétrica, bastará uma máquina automática com valor nominal de 6 A.

A cozinha pertence a ambientes com alta umidade. Dada esta característica, em vez de uma máquina convencional, pode-se colocar um disjuntor diferencial de 10-30 A, que, em caso de quebra do isolamento de um aparelho elétrico, protegerá uma pessoa de choque elétrico.

Interruptores e tomadas

Tendo calculado o número necessário de tomadas para a cozinha, você precisa instalá-los corretamente. Todas as tomadas da cozinha devem ser classificadas para pelo menos 16 A e ter um contato de aterramento. Para segurança contra incêndios na cozinha, recomenda-se a utilização de tomadas com base em cerâmica. Para o soquete durar o máximo possível, as lamelas devem ser carregadas com mola e niqueladas. O mesmo se aplica aos disjuntores, exceto que a corrente nominal pode ser menor..

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

De acordo com os padrões, a altura de instalação do soquete é de 30–40 mm do chão. O switch é instalado próximo à porta frontal, a uma altura de 80–90 cm do chão e 10–15 cm da porta. Ao instalar a linha de iluminação, deve-se atentar para o fato de que a chave deve abrir o fio de fase. Isso é feito para que não haja tensão nos contatos do cartucho no estado desligado..

Para que não haja fios longos na cozinha e a carga sobre eles seja mínima, as tomadas são colocadas o mais próximo possível dos consumidores domésticos. Além disso, ao instalar a tomada, é importante levar em consideração a localização do próprio móvel da cozinha, para que não restrinja o acesso aos mesmos..

Se houver dúvidas sobre o número de pontos de venda, lembre-se de que é melhor ter alguns pontos extras do que não o suficiente. Idealmente, cada soquete duplo é instalado a cada 1,5–2 metros. Soquetes sobressalentes podem ser colocados em seções da parede que serão cobertas por móveis.

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

Para ventilação, também é feita uma tomada separada, que é instalada a uma altura de 5–6 cm do topo do armário da cozinha e 15–20 cm do próprio exaustor. Não deve ser bloqueado pela conduta de ventilação..

Onde os soquetes não devem ser colocados? As tomadas não devem ser instaladas atrás de aparelhos embutidos em móveis de cozinha, atrás de gavetas. Em nenhum caso as tomadas devem ser instaladas acima do fogão ou pia.!

Sinalização

Considerando que nada há de eterno em nossa vida, inclusive dutos de água e gás, a questão da instalação de sensores de vazamento de gás e água na cozinha é urgente. São alimentados pela rede (220 V), neste caso não se esqueça de providenciar uma tomada separada, ou por baterias (12 V). Alarmes mais caros podem usar comunicação celular para informar o proprietário sobre um acidente na casa. Melhor gastar dinheiro, mas para se proteger e proteger outras pessoas de acidentes.

A que prestar atenção especial

Observe que a fiação inadequada pode representar um perigo não apenas para aparelhos elétricos domésticos, mas também para seus entes queridos. A instalação da cablagem eléctrica na cozinha deve ser efectuada de acordo com o plano anteriormente desenvolvido. Baseia-se em dois princípios: segurança elétrica e praticidade de uso.

Trabalho de instalação na cozinha, tendo em conta os requisitos de alimentação

Quanto ao aterramento de proteção, é proibido colocá-lo com um fio separado e combiná-lo com um fio neutro de trabalho de linhas diferentes. O fio de aterramento deve ser contínuo em todo o seu comprimento até as tomadas..

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: