Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Uma grande variedade de variedades de árvores frutíferas é o sonho de qualquer jardineiro, o que pode ser realizado com o domínio da técnica de enxertia. No artigo, falaremos em detalhes sobre o momento ideal, métodos básicos e regras para realizar esta importante técnica agrotécnica..

Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Enxertia é o chamado transplante de uma parte de uma planta para outra, ou seja, a transferência de um botão ou estacas de uma árvore frutífera de uma variedade para uma árvore de outra variedade. Este procedimento é baseado nas propriedades únicas das árvores para crescerem juntas, enquanto curam feridas.

Esta técnica agrícola é considerada uma das melhores formas de propagação de plantas varietais, e também permite cultivar nesta árvore diversos tipos de frutas, por exemplo, pêras e maçãs. Para obter a vacina corretamente, é muito importante entender os conceitos básicos e as regras que devem ser seguidas ao realizar o procedimento..

Compatibilidade de planta

É muito importante estudar a compatibilidade das culturas neste caso. Se, por exemplo, você plantar uma macieira em uma bétula, nada de bom sairá dessa aventura..

A prática mostra que se deve enxertar como em igual, ou seja, uma macieira na macieira ou uma pera, uma ameixa na ameixa ou cereja … Só neste caso, você consegue um bom resultado.

Rootstock e scion

Os principais conceitos, cuja essência deve ser entendida durante a vacinação, são “estoque” e “enxerto”..

Rootstock– esta é a parte da árvore em que a nova variedade é enxertada.

EnxertoÉ um talo que se enraíza no estoque. É ele o responsável pela formação da parte superior da planta e pela frutificação..

Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Ao vacinar, é muito importante escolher e preparar corretamente essas duas partes..

Seleção de rootstock

Na hora de decidir a escolha do estoque, a principal atenção deve ser dada à sua robustez invernal, resistência ao excesso ou à falta de umidade, bem como adaptabilidade às condições climáticas locais. Ao escolher um estoque, preste atenção na compatibilidade das plantas, da qual falamos acima..

Em qualquer caso, uma planta sã, não velha e com madeira clara no corte deve funcionar como porta-enxerto. Os silvestres são adequados como porta-enxertos, que se distinguem por sua notável adaptabilidade e um poderoso sistema de raízes. Por exemplo, uma variedade de pereira ou macieira pode ser enxertada em seus parentes selvagens..

Colheita de enxertos (cortes)

Em áreas onde os invernos são caracterizados por geadas severas, é recomendável colher as mudas do outono. Se você mora em uma zona de clima temperado, o rebento pode ser cortado na primavera (pouco antes da vacinação), antes que os botões inchem.

Galhos lignificados podem atuar como um corte. Não se recomenda o uso de rebentos muito jovens. Se houver necessidade de armazenar as mudas, elas são tratadas com verniz de jardim no corte e deixadas dentro de casa a uma temperatura de 0 a +1 ° C.

Os principais métodos de vacinação

Existem três maneiras principais, confiáveis ​​e ao mesmo tempo simples de enxertar árvores frutíferas:

  • cópula (com um cabo em um galho fino);
  • enxertia para a casca;
  • inoculação de fenda.

Cópula

Tecnicamente, esse método é considerado o mais simples. Regra principal para enxertia em galho fino com estaca: o caldo e o rebento devem ter o mesmo diâmetro no corte.

Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Ao copular, ambas as partes são cortadas em um ângulo de 30 graus, enquanto linguetas (talas) são feitas nos cortes, permitindo que os elementos de enxerto sejam firmemente fixados uns em relação aos outros. Em seguida, o rebento com o estoque é conectado e firmemente amarrado com fitas cortadas de polietileno grosso.

Enxerto de casca

Este método é perfeito se os diâmetros do porta-enxerto e da copa forem muito diferentes. Outra vantagem indiscutível desse método é o mínimo traumatismo do porta-enxerto, cujos tecidos praticamente não são danificados, as feridas cicatrizam rapidamente, garantindo excelente sobrevida da estaca..

Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Ao inocular a casca, a muda é cortada em um ângulo de 30 graus, a casca é cortada no porta-enxerto, a estaca é inserida na incisão de modo que o botão nela “olhe” para o centro do porta-enxerto. Depois disso, o estoque com o rebento é fixado o mais firmemente possível, e o local do enxerto é lubrificado com var..

Se o diâmetro do estoque for grande o suficiente, duas ou três estacas podem ser enxertadas nele ao mesmo tempo..

Enxerto de fenda

Este método é ideal para replantar árvores frutíferas relativamente velhas com novas variedades. Dividir o enxerto é uma ótima maneira de rejuvenescer o jardim, aumentar a resistência das árvores às condições climáticas adversas.

A principal vantagem deste método é que o forte sistema radicular do estoque adulto dá um forte impulso para uma boa sobrevivência e desenvolvimento do rebento..

Enxertia de primavera de árvores frutíferas

Antes do procedimento, todos os ramos do esqueleto são cortados no tronco, deixando um tronco de 20 a 40 cm de altura. Fendas de 4 a 5 cm de profundidade são feitas nos tocos resultantes. Se o diâmetro do cânhamo for grande, você pode enxertar duas estacas de uma vez, inserindo-as em lados opostos da divisão. Se o coto for pequeno em diâmetro, um enxerto é enxertado, fazendo a divisão não completamente, mas de um lado (enxerto na metade).

A copa é cortada em forma de cunha, inserida na fenda mais próxima da borda do porta-enxerto, com ligeira inclinação em direção ao centro do cânhamo – este arranjo permite combinar o câmbio.

O local da vacinação é envolto em polietileno ou revestido com verniz de jardim. Se a inoculação da fenda for feita corretamente, nenhuma fixação especial é necessária.

Cuidados de vacinação

Se a vacinação for feita corretamente, o estoque começa a crescer após três semanas – brotos aparecem dos botões sobre ele. Neste ponto, é muito importante cuidar adequadamente da vacina:

  1. Os ramos que crescem das gemas do porta-enxerto localizados abaixo do enxerto devem ser removidos. Isso deve ser feito constantemente, ao longo da temporada..
  2. Se uma vacinação dividida foi realizada, você deve monitorar cuidadosamente a condição da ferida e, se necessário, lubrificar os locais abertos com verniz de jardim.

Momento ideal de vacinação

O tempo de vacinação desempenha um papel importante. A vacinação da primavera é melhor realizada quando uma temperatura positiva estável é estabelecida à noite. Isso acontece, via de regra, na segunda quinzena de abril. Você deve saber que pequenas geadas não afetam a sobrevivência.

É muito importante realizar o procedimento antes mesmo da brotação no porta-enxerto, uma vez que a enxertia posterior pode causar forte fluxo de goma (liberação de líquido espesso pegajoso marrom ou âmbar no tronco e galhos), como resultado a resistência invernal da árvore é bastante reduzida e o crescimento diminui.

É melhor plantar as plantas em um dia seco, mas nublado, a hora do dia não afeta a qualidade de forma alguma.

Tutorial em vídeo: enxertando árvores frutíferas – copulação e divisão

Por que plantar árvores

O procedimento de vacinação pode resolver vários problemas principais do jardineiro:

  1. Criação de variedades raras de qualidade. Se a árvore já está velha, mas ainda dá bons frutos, então para reprodução, você pode enxertar as estacas cortadas dela em uma nova muda, e assim salvar sua variedade favorita.
  2. Economizando espaço em um pequeno terreno pessoal. Uma árvore pode produzir frutos de duas ou até três variedades..
  3. Correção da forma da coroa. Se a árvore começar a crescer incorretamente, a poda e enxertia nos locais necessários irão corrigir o formato da copa.
  4. O procedimento de enxerto contribui para o rejuvenescimento, melhora a saúde das plantas, permite salvar árvores danificadas por roedores ou geadas severas no inverno.

A vacinação é considerada por muitos um procedimento bastante complicado. No entanto, este é um julgamento completamente errado. Na realização desta técnica agrotécnica, para obter sucesso, é necessário estudar cuidadosamente as regras básicas e segui-las à risca. Bem, se você não está muito confiante em suas habilidades, você pode fazer uma “aula magistral” com jardineiros experientes que vivem na vizinhança.

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: