Trabalho com madeira: como evitar marcas de queimadura ao rasgar

Neste artigo, mostraremos algumas técnicas de marcenaria para sua oficina em casa. Você aprenderá como depurar corretamente a serra circular para que ela não estrague a peça de trabalho ao rasgar. O artigo contém técnicas e truques para trabalhar com espaços em branco longitudinais.

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

O problema da madeira dura queimada (carvalho, faia, b√©tula) ao serrar ao longo do gr√£o em uma serra circular √© resolvido apenas por moagem. E esta √© uma opera√ß√£o adicional e bastante demorada. O aparecimento de marcas de queimadura √© um sinal seguro de configura√ß√Ķes incorretas da m√°quina, enquanto o motor sobrecarregado sofre, o disco est√° desgastado e a pe√ßa de trabalho se deteriora.

Causas mais prov√°veis ‚Äč‚Äčde marcas de queimadura

  1. Disco resinado. A resina pode ser rapidamente removida com um limpador especial ou lavada com solvente comum (um pouco mais de tempo).
  2. Soldagem de disco sem corte ou quebrado. Eles podem ser restaurados, substituídos ou afiados em uma oficina especial, mas é mais fácil e rápido substituir o disco por um novo..
  3. Desvio de paralelismo de paradas.
  4. Alimentação incorreta da peça de trabalho.
  5. Defeitos estruturais na madeira.

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

Os dois primeiros s√£o relativamente f√°ceis e r√°pidos de consertar, limpando ou substituindo a l√Ęmina de corte. Os outros tr√™s s√£o mais s√©rios e, a seguir, explicaremos como lidar com eles..

Recepção da configuração do paralelismo do disco e da parada por meios improvisados

  1. Defina a parada a 100 mm do disco.
  2. Pegue um bloco de 60‚Äď70 mm de comprimento e aparafuse um parafuso de cabe√ßa redonda na extremidade. Esta cabe√ßa, quando a barra √© pressionada contra o batente, deve agarrar-se ao dente do disco.
  3. Marque este dente com um marcador.
  4. Deslize a peça de trabalho com o parafuso para o outro lado do disco e gire o próprio disco até que o dente marcado esteja alinhado com a cabeça do parafuso.
  5. A for√ßa quando o dente engata na cabe√ßa do parafuso deve ser a mesma no in√≠cio e no final. Isso pode ser determinado de ouvido – o metal do disco reproduz perfeitamente as vibra√ß√Ķes. Se o som no in√≠cio e no final for diferente – voc√™ precisa definir com mais precis√£o o dispositivo de serra de acordo com as instru√ß√Ķes (os m√©todos ser√£o diferentes para modelos diferentes).
  6. Os modelos profissionais com serras estacionárias possuem ajuste de bancada *. Para fazer isso, você precisa afrouxar alguns parafusos (com os quais a bancada é fixada à cama). Máquinas de carpintaria fornecem ajuste preciso da posição da unidade de serra.

* Refere-se √† parte da serra estacion√°ria, tamb√©m chamada de “mesa da serra”.

Configuração precisa de paralelismo com indicador de hora

Este é um método mais profissional e preciso, mas requer um dispositivo especial Рo indicador ICh-10 horas. Neste caso, o ponto de referência para o batente é a ranhura do disco.

  1. Instale um trilho ou barra na ranhura.
  2. Instale ICh-10 entre o trilho e o limitador. Em seguida, reinicie as leituras.
  3. Usando ICh-10, ajuste o batente de acordo com as leituras dos instrumentos Рa diferença nas leituras deve ser zero.

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

Como você pode ver, este método é muito mais rápido e preciso (graduação 0,1 mm), mas esse dispositivo custa cerca de 20 cu. e.

O truque ao alinhar o disco

A unidade de serra é sempre fixada com vários parafusos. Portanto, ao ajustá-lo, é melhor usar um deles como eixo em torno do qual todo o mecanismo ou disco se moverá (por milímetros):

  1. Selecione o parafuso “eixo” com base na localiza√ß√£o dos suportes da serra.
  2. Afrouxe e aperte um pouco mais do que aperte manualmente.
  3. Afrouxe o resto dos parafusos com cuidado até que eles se soltem.
  4. Defina o mecanismo ou disco para a posição desejada, focando nas leituras do ICh-10 ou do dispositivo de alinhamento.
  5. N√£o pressione as partes do mecanismo para mov√™-lo, mas toque nas partes confi√°veis ‚Äč‚Äč- isso ser√° mais preciso.
  6. Ap√≥s atingir a posi√ß√£o exata, primeiro aperte o parafuso do “eixo” – desta forma o ajuste n√£o ser√° perdido.

Este método é relevante para qualquer serra circular estacionária, recíproca ou fita.

Truque da faca separadora

A etapa final no ajuste fino da m√°quina √© verificar e ajustar a faca separadora. √Č uma tira de metal atr√°s da l√Ęmina da serra que abre o corte, evitando que as pe√ßas sejam esmagadas. Deve ser estritamente vertical e paralelo ao disco. O paralelismo √© verificado pela regra usual. Por raz√Ķes de seguran√ßa, em alguns modelos, placas dentadas de press√£o s√£o instaladas – elas evitam que a pe√ßa de trabalho se retraia (o disco gira em dire√ß√£o ao operador). Seu ajuste √© reduzido para verificar a for√ßa da mola..

√Äs vezes, quando a madeira tem alta densidade, a faca de abrir padr√£o n√£o √© suficiente – a pe√ßa inacabada tende a retornar √† sua posi√ß√£o original e ocorre um aperto atr√°s da faca de abrir e inevit√°veis ‚Äč‚Äčmarcas de queimadura. Nesse caso, os mestres usam uma solu√ß√£o simples que n√£o tem an√°logos em termos de simplicidade e confiabilidade: uma cunha espa√ßadora comum em uma guia.

Cunha para circular em vídeo

Como fazer uma cunha espaçadora:

  1. Depois que a peça de trabalho tiver passado pela faca espaçadora padrão, insira uma cunha de madeira no corte.
  2. Em seguida, complete uma passagem completa da peça de trabalho e fixe a posição extrema da cunha.
  3. Selecione um ponto fixo acima da m√°quina e ajuste o comprimento da guia do ponto √† cunha. √Č aconselh√°vel usar material de mola.
  4. Amarre a guia em um ponto fixo (detalhes).
  5. Após a passagem total da peça de trabalho, a cunha será removida e permanecerá na guia.

Por conveniência, ao cortar muitas peças idênticas, você pode ajustar o comprimento da guia.

Avanço correto da peça de trabalho

Marcas e peças estragadas são as consequências mais fáceis da alimentação incorreta da peça. Mesmo facas e batentes bem ajustados não ajudarão se a peça de trabalho não for alimentada corretamente Рinclinação, travamento, movimento para trás ou solavanco descontrolado da peça de trabalho são muito prováveis. Dada a tremenda velocidade e força da serra circular, mesmo uma peça pequena e leve pode ferir uma pessoa..

Regras de arquivamento corretas:

  1. Bra√ßadeira vertical. N√£o importa o √Ęngulo em que voc√™ inicia a pe√ßa de trabalho, lembre-se de que ela deve ser firmemente pressionada contra a mesa da serra a uma dist√Ęncia de 30-100 mm da l√Ęmina.
  2. Braçadeira horizontal. O contato firme com o batente irá garantir um funcionamento suave da peça de trabalho.
  3. Enrole e controle a peça de trabalho com as duas mãos. Esta regra segue das duas primeiras Рuma mão pressiona na mesa, a outra na rolha.
  4. Para pe√ßas pequenas, fa√ßa ou compre um empurrador – isso evitar√° a perigosa proximidade das m√£os e da l√Ęmina de serra.

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

  1. Aplicar o “pente-pin√ßa”. Este aparelho √© vendido gratuitamente (pre√ßo a partir de $ 3), tem muitas op√ß√Ķes. Voc√™ tamb√©m pode fazer voc√™ mesmo (especialmente se sua circular for feita em casa) de acordo com tamanhos espec√≠ficos. Para fazer isso, voc√™ precisa fazer v√°rios cortes na barra e cortar o “pente” em um √Ęngulo de 75 ¬į.

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

Claro, ao trabalhar em m√°quinas, voc√™ n√£o deve se distrair ou fazer outras opera√ß√Ķes em paralelo..

Defeitos estruturais na madeira

A madeira defeituosa geralmente √© descartada durante a sele√ß√£o. Trabalhar com esses espa√ßos em branco envolve n√£o apenas marcas de queimadura (elas aparecer√£o necessariamente mesmo em uma m√°quina ajustada com precis√£o), mas tamb√©m les√Ķes. Ao mesmo tempo, o material pode ser limpo, sem podrid√£o e n√≥s.

Os principais sinais de defeitos estruturais:

  1. Curvatura longitudinal em toda a espessura da pe√ßa de trabalho. Os artes√£os chamam essas pe√ßas em branco de “sabre”. Se a curvatura for pequena (a altura de deflex√£o √© de at√© 10 mm por 1 m), a pe√ßa de trabalho pode ser pressionada com mais for√ßa durante o corte. Tarugos de maior curvatura s√£o rejeitados.
  2. Curvatura longitudinal ao longo da largura da pe√ßa de trabalho. O nome popular √© “rocker”. A regra √© a mesma do “sabre”, mas a deflex√£o permitida √© de 20 mm.
  3. As fibras de madeira n√£o est√£o paralelas √† pe√ßa de trabalho. O tipo de defeito mais perigoso √© a exist√™ncia de tens√Ķes internas significativas na pe√ßa de trabalho. Ao serrar, eles se soltam e podem se comportar de maneira imprevis√≠vel. A √ļnica op√ß√£o para usar tal pe√ßa de trabalho √© alinh√°-la com um medidor de espessura (plano el√©trico duplo).

Trabalhar com madeira. Como evitar marcas de queimadura ao rasgar

Os dois primeiros casos podem levar a marcas de queimadura, o √ļltimo com certeza. Produtos de serrar de madeira inclinada tamb√©m ter√£o uma curvatura e devem estar relaxados ap√≥s a instala√ß√£o..

A inspe√ß√£o oportuna da m√°quina ir√° salv√°-lo da desagrad√°vel obriga√ß√£o de remover queimaduras e marcas de queimadura das pe√ßas de trabalho. Lembre-se de que todas as manipula√ß√Ķes com a m√°quina devem ser realizadas ap√≥s desconect√°-la da rede..

Avalie este artigo
( Ainda sem avalia√ß√Ķes )
Adicione coment√°rios

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: