Como colocar telhas você mesmo

Em primeiro lugar, em termos de todos os tipos de cores e formas, ocupa uma posi√ß√£o de lideran√ßa entre todos os tipos de revestimento. Hoje, cada marca de telhas √© representada por pelo menos 40-50 tipos de op√ß√Ķes diferentes, portanto, mesmo o comprador mais exigente pode sempre encontrar a op√ß√£o de sua prefer√™ncia. Em segundo lugar, em termos de comodidade e rapidez de instala√ß√£o, esta √© tamb√©m a op√ß√£o de revestimento de maior sucesso, do ponto de vista tecnol√≥gico, que dispensa a utiliza√ß√£o de equipamentos e ferramentas especiais. Devido ao seu baixo peso, a eleva√ß√£o e a entrega diretamente no local de trabalho s√£o simplificadas. Em terceiro lugar, tendo as propriedades de elasticidade e flexibilidade, este tipo de revestimento pode ser aplicado em qualquer tipo e formato de telhado, mesmo com curvatura radial. A √ļltima vantagem inerente apenas a este tipo de revestimento √© que com o advento das telhas betuminosas, tornou-se poss√≠vel implementar projetos de algumas formas de coberturas, que antes eram imposs√≠veis de executar tecnologicamente. O custo acess√≠vel de tal material tamb√©m deve ser observado..

Antes de colocar as telhas, √© necess√°rio realizar uma s√©rie de atividades que est√£o associadas √† disposi√ß√£o da “torta para telhados”. Neste artigo irei considerar todas as etapas do trabalho relacionadas com a instala√ß√£o das telhas betuminosas, que devem ser realizadas ap√≥s a conclus√£o da instala√ß√£o do sistema de vigas..

Instalação de filme impermeabilizante

A primeira etapa do trabalho est√° associada √† coloca√ß√£o de uma pel√≠cula impermeabilizante (√† prova de vento). Nesse caso, √© poss√≠vel utilizar uma membrana-membrana de difus√£o, uma vez que a cobertura de telhas n√£o cont√©m elementos propensos √† corros√£o. Nesse sentido, n√£o h√° necessidade de aplica√ß√£o de medidas adicionais para excluir este tipo de impacto no material. Esta classe de isolamento est√° amplamente representada no mercado, mas o mais ideal e frequentemente usado na constru√ß√£o √© o filme √† prova d’√°gua da empresa tcheca Juta, que se chama Jutafoll 110-D. Na hora de comprar preste aten√ß√£o √† marca√ß√£o “D”, pois esta letra significa que o filme √© impermeabilizante, e n√£o, por exemplo, se destina ao uso na faixa de temperaturas negativas, ao contr√°rio de outras marca√ß√Ķes que se destinam ao uso apenas em ambientes internos. O n√ļmero 110 n√£o √© t√£o importante, pois indica a densidade do filme. Se este par√Ęmetro for mais alto, isso afetar√° as caracter√≠sticas t√©cnicas apenas no lado positivo..

A instala√ß√£o da membrana √© bastante simples. O primeiro rolo de filme √© rolado ao longo dos beirais das vigas e pregado nelas com ripas pr√©-preparadas. √Č conveniente gravar o filme com uma pistola de grampo antes disso. As ripas ser√£o uma contra-rede e funcionar√£o como fenda de ventila√ß√£o entre a pel√≠cula impermeabilizante e o torneamento principal. Essas medidas s√£o tomadas para organizar a circula√ß√£o do fluxo de ar e, assim, excluir a acumula√ß√£o de umidade em locais de dif√≠cil acesso. Al√©m disso, dado o facto de o ar possuir boas propriedades de isolamento t√©rmico, estas medidas visam resolver o problema do aquecimento no ver√£o e do congelamento da cobertura no inverno (exclui-se a forma√ß√£o de gelo e gelo). A altura das venezianas √© escolhida na faixa de 25-50 mm, a largura deve ser estritamente igual √† largura da perna da viga. Eles s√£o cortados no comprimento de 150 cm, como a largura do filme.

O trilho n√£o atinge a dist√Ęncia de sobreposi√ß√£o do filme (em qualquer junta de membrana, uma sobreposi√ß√£o de pelo menos 12 cm √© feita). Em todos os casos, s√£o utilizados pregos escovados galvanizados para a instala√ß√£o, cujo comprimento √© selecionado em fun√ß√£o da espessura da contra-rede (o comprimento deve ser de pelo menos + 50 mm de sua espessura). Em toda a cumeeira, o filme n√£o √© levado de 5 a 10 cm ao seu final devido ao fato de que o movimento do ar sob a cobertura come√ßa nos beirais e termina na cumeeira, portanto, tal fenda √© feita para sua sa√≠da. O filme pode ser colado entre si com fita adesiva dupla-face, mas esta √© uma condi√ß√£o opcional.

Torneamento e preparação final da superfície

Em seguida, a caixa final √© colocada em cima da contra-grade. Qualquer placa (com ou sem bordas) √© adequada como material, cuja espessura √© selecionada na faixa de 25-30 mm. Antes da instala√ß√£o, o material deve estar seco (com umidade relativa n√£o superior a 20%) e deve ser tratado com um agente bioprotetor ao fogo. Al√©m disso, ao usar t√°buas n√£o cortadas, √© necess√°rio remover completamente a casca da √°rvore, uma vez que no futuro ela estar√° repleta de brocas entre a casca e a madeira. A dist√Ęncia entre as placas adjacentes n√£o deve ser superior a 30-35 cm (dependendo da espessura da placa usada). O comprimento do prego √© escolhido de modo que, ao ser pregado, rompa tanto a caixa quanto a contra-rede e se encaixe firmemente na viga em pelo menos 2-3 cm.

A peculiaridade das telhas, como cobertura, é que o plano do telhado antes de colocá-lo deve ser liso e plano. Portanto, se uma placa com bordas for usada como piso (esta opção é permitida pelo fabricante), então as diferenças entre as placas adjacentes não são permitidas mais do que 2 mm. Isso deve ser monitorado para excluir fraturas e dobras das placas durante a instalação..

Instalação de placas OSB no telhado
√Č melhor come√ßar a montar placas OSB no telhado com o quadril.

Eu recomendo o uso de placa resistente √† umidade OSB-3 como piso. A espessura √© geralmente escolhida de 10-11 mm. Ao contr√°rio de uma prancha, ao ser utilizada obt√©m-se um plano ideal, tamb√©m, por ter propriedades de resist√™ncia √† umidade, n√£o deforma nem balan√ßa durante toda a sua vida √ļtil. No assentamento, √© necess√°rio fazer intervalos de 3 a 5 mm entre cada folha das placas para evitar que se dilatem nas juntas, pois as dimens√Ķes lineares do material variam com as oscila√ß√Ķes de umidade e temperatura. Para pregar placas, s√£o utilizados pregos galvanizados 3×30 com cabe√ßa grande. O passo de pregar entre as unhas √© de 25-30 cm.

Em seguida, v√° diretamente para a instala√ß√£o de telhas. Primeiro, os tapetes de fibra de vidro s√£o desenrolados. Eles s√£o um material impermeabilizante adicional entre a placa OSB-3 e as telhas betuminosas. Se o √Ęngulo de inclina√ß√£o do telhado for inferior a 18 graus, o forro deve ser instalado em toda a superf√≠cie do telhado. Mas mesmo em grandes √Ęngulos de inclina√ß√£o, os tapetes devem ser empilhados nos seguintes locais:

  • Nas cornijas. Este √© um dos locais mais importantes, principalmente no inverno, pois quando a neve derrete, nesses locais se formam gelo e pingentes de gelo, e neste caso, aumenta a carga nas partes do telhado em quest√£o..
  • Nos front√Ķes. Esses lugares s√£o mais suscet√≠veis √† umidade durante a chuva inclinada..
  • Em patins e costelas.
  • Em vales (juntas de planos de telhado). Aqui √© necess√°rio usar tapetes com uma colora√ß√£o da cobertura principal do telhado.
  • Nos locais de v√°rias conex√Ķes e confinamentos de paredes, chamin√©s e outros.

Colocar ladrilhos
Nos vales, o tapete é colocado com uma sobreposição de 0,5 metros.

O recuo da borda dos beirais deve ser de cerca de 1-2 cm, pois em clima quente √© poss√≠vel aquecer e endireitar a base. √Č necess√°rio preg√°-los apenas nas partes superiores a uma dist√Ęncia de 20-25 cm, e todas as juntas devem ser feitas com uma sobreposi√ß√£o de cerca de 10 cm, sendo ent√£o montadas cornija de a√ßo inoxid√°vel e frisos de front√£o. Para fazer isso, voc√™ precisa usar os mesmos pregos galvanizados 3×30 com uma cabe√ßa grande. As tiras s√£o pregadas em padr√£o xadrez com passo de 15-20 cm. Nas juntas √© feita uma sobreposi√ß√£o obrigat√≥ria de 15 cm, fixada com dois pregos.

Colocar ladrilhos

Depois disso, passe para o assentamento da primeira linha de ladrilhos. De acordo com as normas, tem formato retangular (sem p√©talas). Anteriormente, todos os pontos de contato de tiras de metal com telhas betuminosas devem ser revestidos com mastique betuminoso. O m√°stique tem consist√™ncia bastante espessa em temperatura ambiente, portanto, para simplificar o trabalho com o mesmo, √© necess√°rio pr√©-aquecer o recipiente com o produto. √Č aplicado na superf√≠cie do ladrilho com uma talocha de constru√ß√£o estreita. A espessura da camada aplicada n√£o ultrapassa 1-2 mm, pois n√£o cont√©m base adesiva e, com costuras grossas, as superf√≠cies lubrificadas podem simplesmente se dispersar. Uma telha √© pregada com quatro pregos no topo. Se o √Ęngulo de inclina√ß√£o do telhado for superior a 60 graus, devem ser usados ‚Äč‚Äčmais dois pregos..

Cobertura

A segunda fileira de ladrilhos e as subsequentes s√£o pregadas com um deslocamento de meio per√≠odo (1/3 ou 2/3, dependendo da forma escolhida para o ladrilho). Cada 3-4 carreiras deve ser verificada quanto √† horizontalidade, ou voc√™ deve primeiro marcar a pr√≥xima carreira (para este prop√≥sito, um fio com p√≥ de talco colorido √© o ideal), mas este √© um trabalho bastante √°rduo que leva muito tempo. As telhas devem ser cortadas para caber. Para isso, √© melhor usar uma faca curta com uma l√Ęmina pontiaguda na ponta. √Č necess√°rio cortar o verso das telhas, colocando um peda√ßo de placa plana ou compensado, para evitar danos acidentais √†s telhas colocadas anteriormente. A marca √© realizada com uma faca cerca de 3-4 vezes, ent√£o a telha √© dobrada ao longo da linha de corte e a telha √© facilmente dividida em duas partes.

Para trabalhar em telhados com uma inclina√ß√£o de mais de 30 graus, uma s√©rie de medidas adicionais devem ser tomadas para aumentar a conveni√™ncia do trabalho. A primeira coisa a usar ao trabalhar √© uma corda de seguran√ßa ou corda. A segunda √© a utiliza√ß√£o de l√Ęminas provis√≥rias, que s√£o pregadas na encosta, dobrando as p√©talas dos ladrilhos j√° colocados. Caso contr√°rio, durante a instala√ß√£o, voc√™ ter√° que manter o cabo constantemente esticado, uma vez que n√£o ser√° poss√≠vel resistir por conta pr√≥pria nessas inclina√ß√Ķes. E em terceiro lugar – o uso de macac√Ķes (macac√Ķes de constru√ß√£o) para a distribui√ß√£o competente e funcional da ferramenta necess√°ria em bolsos e al√ßas para acesso r√°pido a ela.

Colocar ladrilhos

Nos locais dos rebordos e cumeeira, a colocação das telhas é efectuada com sobreposição (a viga em chapa é dobrada 10-15 cm a outra superfície do telhado e pregada). Em seguida, os ladrilhos são cortados em pétalas separadas e montados no topo ao longo da linha da crista (nervura), além disso, cada pétala subsequente é pregada de tal forma que os locais das cabeças dos pregos são cobertos do elemento de ladrilho anterior.

Existem v√°rios m√©todos b√°sicos para a instala√ß√£o de telhas em vales. A primeira √© que os elementos das telhas sejam empilhados de ponta a ponta em ambos os planos de cobertura. A segunda – consiste no assentamento dos ladrilhos, n√£o chegando a atingir 10 cm da linha central. Este √ļltimo m√©todo √© prefer√≠vel tanto do ponto de vista est√©tico quanto pr√°tico, uma vez que uma esp√©cie de oco √© formado entre duas inclina√ß√Ķes do telhado, o que simplifica o fluxo da √°gua da chuva e, assim, evita a forma√ß√£o de √°reas locais nas quais a umidade pode se acumular no futuro. Nos vales n√£o √© permitida a utiliza√ß√£o de pregos a menos de 30 cm do seu centro, pois este ponto de contacto entre o tapete do forro e os ladrilhos s√£o untados com m√°stique numa largura de 10-15 cm. As partes superiores das p√©talas de cada fiada s√£o cuidadosamente aparadas num √Ęngulo de 60 graus.

A fase final

Na jun√ß√£o das paredes com as chamin√©s, os ladrilhos s√£o colocados no plano vertical a uma altura de 20-30 cm, depois de revestidos as juntas com m√°stique betuminoso. Em seguida, no local de t√©rmino do ladrilho, uma barra de abutment √© instalada em cima do mesmo, e todas as fendas formadas s√£o passadas com um selante de silicone resistente ao calor. Aconselha-se a instala√ß√£o de caixas met√°licas √† volta de chamin√©s e tubos, utilizando como isolante o isolamento √† base de basalto. Eles melhoram significativamente as propriedades hidrof√≥bicas nas juntas, evitando se√ß√Ķes de telhado complexas de todos os tipos de vazamentos..

Aeradores
Aeradores são necessários para a circulação de ar no espaço interno.

A uma dist√Ęncia m√°xima de 50-60 cm da cumeeira, √© necess√°rio instalar arejadores, que servem para retirar o ar do espa√ßo entre o telhado e, assim, permitir organizar a circula√ß√£o de ar competente. O n√ļmero de arejadores √© escolhido a partir do seguinte c√°lculo: um arejador para cada 25 metros quadrados de telhado. Hoje em dia, os arejadores de cumeeira tamb√©m t√™m sido amplamente utilizados, que s√£o uma estrutura de entreferro instalada diretamente em toda a extens√£o da cumeeira. Todas as juntas e sobreposi√ß√Ķes em torno dos aeradores devem ser tratadas com m√°stique..

Vale ressaltar que todos os trabalhos de instala√ß√£o nos ladrilhos devem ser realizados a uma temperatura ambiente de no m√≠nimo 15 graus, em temperaturas mais baixas deve-se usar um secador de cabelo de constru√ß√£o, aquecendo os ladrilhos nos locais de curvas. Em dias de muito sol e calor, √© necess√°rio adiar a instala√ß√£o da cobertura, n√£o s√≥ para a seguran√ßa da sua sa√ļde, mas tamb√©m pelo facto de as telhas come√ßarem a derreter facilmente e ao deslocar-se pela superf√≠cie permanecem vest√≠gios e amassados, que no futuro n√£o parecem esteticamente agrad√°veis.

Avalie este artigo
( Ainda sem avalia√ß√Ķes )
Adicione coment√°rios

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: