Novo imposto sobre a propriedade – perspectivas

Em 2013, esperamos a introdu√ß√£o de um novo imposto sobre bens im√≥veis, como t√™m relatado repetidamente representantes do Minist√©rio do Desenvolvimento Econ√īmico e do Minist√©rio das Finan√ßas. O novo imposto dever√° substituir os dois atualmente existentes √Č imposto sobre a terra e imposto sobre a propriedade.

8

  • A reforma tribut√°ria est√° se aproximando
  • Como o novo imposto afetar√° os cidad√£os comuns
  • O que nos espera


Marinus van reymerswaele. Coletor de impostos. 1542

O novo imposto deveria ser retirado do valor de mercado dos im√≥veis, e n√£o do valor estimado fornecido pelo BTI, como √© agora. Agora tamb√©m h√° informa√ß√Ķes sobre a introdu√ß√£o de uma taxa progressiva.

Então, o que nos espera em 2013 com a introdução de um novo imposto. Isso é o que vamos tentar descobrir.

A reforma tribut√°ria est√° se aproximando

Em maio do ano passado, o Minist√©rio do Desenvolvimento Econ√īmico e o Minist√©rio da Fazenda chegaram a acordo sobre um plano de reforma tribut√°ria, segundo o qual o Minist√©rio do Desenvolvimento Econ√īmico e a Rosreestr desenvolver√£o uma metodologia de avalia√ß√£o em massa de im√≥veis. No momento, Rosreestr est√° compilando um cadastro imobili√°rio unificado, que avaliar√° todos os projetos de constru√ß√£o de capital no territ√≥rio da Federa√ß√£o Russa. At√© o final de 2012, o governo planeja apresentar as altera√ß√Ķes adequadas ao C√≥digo Tribut√°rio para considera√ß√£o pela Duma. E em 2013 um novo imposto sobre a propriedade ter√° que entrar em vigor.

Quais ser√£o as taxas do novo imposto sobre im√≥veis ainda n√£o est√° totalmente claro. De acordo com os especialistas, se mantida a atual escala progressiva do imposto sobre a propriedade, o pagamento do imposto para alguns objetos imobili√°rios pode aumentar mais de 100 vezes. Portanto, em Moscou, o valor de mercado dos apartamentos em pr√©dios novos (at√© 5 anos) pode exceder a estimativa do BTI em 30% a 200%, e a diferen√ßa na avalia√ß√£o de apartamentos muito antigos pode ser de at√© 1000 vezes. Al√©m disso, ainda h√° uma s√©rie de inconsist√™ncias, por exemplo, o “stalinka” no centro de Moscou pode ser avaliado por especialistas do BTI muito mais barato do que um novo edif√≠cio em Biryulevo. Considerando que a situa√ß√£o com os pre√ßos de mercado para esta propriedade ser√° exatamente o oposto. E com a introdu√ß√£o de um novo imposto, o pagamento da “stalinka” pode aumentar acentuadamente, e o pagamento de um apartamento na periferia, pelo contr√°rio, diminuir ligeiramente.

Alexander Khrustalev: O imposto sobre moradias de luxo deve ser mais do que o imposto sobre apartamentos padr√£o.

Muitos especialistas acreditam que a reforma tributária é necessária, somente na hora de definir a alíquota, todas as sutilezas devem ser levadas em consideração. Agora, os desenvolvedores da reforma tributária dizem que a alíquota do imposto será progressiva e que a habitação de elite será tributada de acordo com um esquema diferente do da habitação social. Alexander Khrustalev, diretor-geral da NDV-Nedvizhimost, concorda com esse programa das autoridades, que acredita que a introdução de um imposto progressivo sobre os imóveis se justifica e é a melhor opção. Em sua opinião, o imposto sobre moradias de luxo deve ser superior ao imposto sobre apartamentos standard.

Em geral, a reforma tributária em qualquer caso requer uma abordagem cuidadosa. Afinal, é preciso que o projeto seja socialmente pensado e justo para os mais diversos segmentos da população do país. Os legisladores também precisam realizar um trabalho competente para superar as resistências a tais mudanças por parte dos cidadãos que nem sempre as aceitam favoravelmente e muitos temem um aumento significativo da carga tributária, que pode vir a se tornar simplesmente insuportável para muitos..


Ivan Vladimirov. Apropriação de alimentos. 1869 Р1947

No entanto, muitos especialistas estão inclinados a acreditar que essas mudanças são necessárias. Entre eles está Aleksey Demyanchuk, diretor do First Construction Trust, que afirma ser imperativo revisar o sistema atual de tributação imobiliária. Conforme ele observa, a prática mundial de aplicação de um imposto imobiliário com alíquota progressiva indica que esse instrumento financeiro pode ser bastante eficaz tanto para as necessidades do Estado quanto para regular o mercado imobiliário, bem como para a proteção dos interesses dos próprios proprietários. A taxa progressiva é geralmente justa, em oposição ao mesmo imposto para todos.

Resta-nos esperar que, no desenvolvimento do programa de reforma tributária, sejam levados em consideração todos os pontos a que os especialistas do setor imobiliário prestam atenção..

Como o novo imposto afetar√° os cidad√£os comuns

Apesar de tudo, a introdu√ß√£o de um novo imposto, no entanto, pode afetar o bem-estar das categorias de cidad√£os de baixa renda. Por exemplo, algu√©m vai herdar um apartamento, ou uma av√≥ aposentada que mora em um apartamento com v√°rios c√īmodos no centro de Moscou n√£o poder√° pagar altos impostos. Neste caso, muitos ter√£o que se mudar para √°reas menos prestigiadas, o que n√£o √© muito conveniente e n√£o muito agrad√°vel..

Outro ponto negativo, que foi observado pelo Diretor Geral da Veles Capital Development Vladlen Voloshin – isso √© algo que ainda n√£o se pensa no impacto da introdu√ß√£o de um novo regime de tributa√ß√£o sobre o valor do m√≠nimo de subsist√™ncia, que deveria ser alterado em fun√ß√£o do crescimento da carga tribut√°ria sobre a popula√ß√£o, mas n√£o h√° planos neste momento.

Conforme observado acima, todos os fatores devem ser levados em considera√ß√£o para que o novo imposto sobre a propriedade n√£o traga ru√≠na para os pobres do pa√≠s. Como uma das op√ß√Ķes, os especialistas prop√Ķem a introdu√ß√£o de uma tarifa social especial para os cidad√£os de baixa renda. Alguns at√© prop√Ķem a aboli√ß√£o do imposto para certas categorias da popula√ß√£o do pa√≠s ou estabelecem que o imposto n√£o incida sobre certos tipos de bens im√≥veis se eles se enquadrarem em uma s√©rie de par√Ęmetros estabelecidos..

Quanto aos cidadãos ricos, a introdução de um novo imposto sobre a propriedade não deve atingir seus bolsos com força..

O medo de muitos especialistas √© a chamada classe m√©dia. A utiliza√ß√£o de uma pol√≠tica fiscal mal concebida na √°rea da tributa√ß√£o imobili√°ria pode atingir com mais for√ßa esta categoria de cidad√£os. Na verdade, muitas pessoas pertencentes a este segmento da popula√ß√£o est√£o agora a comprar apartamentos, porque t√™m meios para melhorar as suas condi√ß√Ķes de vida. Mas se eles v√£o conseguir puxar um aumento da carga tribut√°ria, essa quest√£o agora fica muito dif√≠cil de responder.

O que nos espera

Infelizmente, agora ninguém será capaz de prever com precisão as consequências de aceitar ou não todas as propostas acima, uma vez que não temos disponíveis indicadores, métodos e tecnologias reais que possam permitir que a teoria seja implementada de forma qualitativa e justa..


Vasily Maximov. Leil√£o de atrasos, 1880-1881

Como voc√™ pode ver acima, as perspectivas ainda s√£o muito vagas e vagas. Nenhum dos especialistas no momento pode responder com precis√£o o que essa reforma tribut√°ria ser√°. – Voc√™ apenas tem que esperar.

No entanto, ainda existem v√°rios pontos pouco claros..

Esses pontos incluem o desejo das autoridades de se afastar da abordagem de estoque para determinar o valor dos im√≥veis para o mercado, o que deve tornar o mercado imobili√°rio como um todo mais transparente. Este √© um ponto positivo, por√©m, surge outra quest√£o. O processo de cria√ß√£o de um cadastro unificado de objetos imobili√°rios, no qual todos os objetos ser√£o avaliados pelo seu valor de mercado, ainda √© extremamente dif√≠cil e n√£o totalmente claro. Todo mundo sabe que o pre√ßo de mercado √Č um valor vari√°vel. Ele muda dependendo da situa√ß√£o do mercado. E como a divis√£o dos im√≥veis em elite e n√£o-elite ocorrer√° tamb√©m n√£o est√° totalmente claro. √Č aqui, segundo muitos especialistas, que pode estar a maior injusti√ßa da pr√≥xima reforma tribut√°ria.

No entanto, como o governo j√° afirmou mais de uma vez, essas inova√ß√Ķes visam tornar a distribui√ß√£o da carga tribut√°ria mais eq√ľitativa entre categorias de cidad√£os com diferentes n√≠veis de renda. Eles tamb√©m garantem que os propriet√°rios de habita√ß√£o social n√£o esperam nenhum aumento nos impostos pagos. Esta, √© claro, √© a vantagem deste programa, mas como isso ser√° implementado na pr√°tica tamb√©m n√£o est√° totalmente claro..

Deve-se notar também que quaisquer mudanças tributárias são percebidas por nossa população com um grão de sal, apreensão e ironia. No entanto, se os desenvolvedores do novo programa tributário abordarem o projeto com cuidado e sabedoria. E se eles pensarem sobre a diferenciação das alíquotas do imposto sobre imóveis com bastante clareza, então ele pode se tornar um excelente regulador de mercado e uma ferramenta para estimular a gestão eficaz de seus imóveis. Em qualquer caso, a lei deve levar em consideração os interesses de todos os cidadãos, independentemente de sua condição social.

Avalie este artigo
( Ainda sem avalia√ß√Ķes )
Adicione coment√°rios

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: