Como fazer flexões do chão – técnica e tipos, programa de treinamento para crescimento muscular com vídeo

Existe toda uma gama de exercícios que não exigem viagens à academia para manter uma figura bonita e músculos fortes. Flexões clássicas do chão, conhecidas nas aulas de educação física da escola, com um programa bem escolhido (número de abordagens, tipos de supino) podem ser um excelente exercício diário.

O que dá flexões do chão

Esses exercícios são uma ótima maneira de construir uma estrutura muscular forte e bonita. O bloco de treinamento é selecionado para qualquer idade e sexo. Muitos acreditam que esse tipo de exercício treina apenas uma pequena quantidade de músculo, mas com uma mudança de ênfase (posições de apoio dos braços e pernas), todo o corpo é incluído no trabalho. O supino ativo do seu corpo a partir do chão faz você trabalhar:

  • grandes músculos do peito;
  • tríceps (tríceps);
  • bíceps (bíceps);
  • músculos deltóides;
  • músculos dentados anteriores (musculatura do tórax lateral e costelas superiores).

Grupos musculares envolvidos em flexões

Além da formação e fortalecimento do esqueleto muscular, as flexões, como qualquer atividade física adequadamente construída, desenvolvem respiração adequada, função pulmonar, melhoram o fluxo sanguíneo em todas as partes do corpo, fortalecem ligamentos e articulações e saturam os tecidos do corpo com oxigênio. Ao mesmo tempo, não há limite de idade: mesmo crianças sob a supervisão de um adulto podem.

Para homens

Flexões padrão do chão com um programa projetado adequadamente formarão um corpo atraente e forte para qualquer homem. Em combinação com uma dieta, você pode obter o alívio corporal anunciado clássico, promovido ativamente pela cultura de massa moderna. Também é digno de nota o enorme benefício desses exercícios para os envolvidos nas artes marciais: as articulações das mãos, os músculos das costas e os músculos da imprensa são fortalecidos, algumas flexões desenvolvem resistência qualitativamente.

Para mulheres

Embora muitos considerem este treino puramente masculino, é ideal para moldar um corpo feminino atraente. Naturalmente, o número de abordagens e tipos de exercícios será diferente do conjunto masculino, mas com um programa projetado corretamente, você pode obter resultados rápidos e visíveis. Além dos benefícios físicos gerais, os exercícios ajudarão nos seguintes aspectos:

  • a carga no antebraço evita flacidez e flacidez da pele;
  • excesso de peso é perdido devido à queima ativa de calorias;
  • postura correta é formada;
  • os músculos peitorais são fortalecidos, o que melhora a forma e o tom da mama feminina;
  • músculos abdominais superiores formam um estômago plano atraente.

Tipos de flexões

Existem muitos tipos de flexões, dependendo de quais grupos musculares são enfatizados. Devemos lembrar que você não pode pensar impensadamente sobre o treinamento e imediatamente tentar realizar exercícios com pesos ou músculos fracos. A conseqüência mais fácil será um ajuste forte poucas horas após as abordagens, mas você pode ferir gravemente uma pessoa não treinada. É melhor começar com flexões clássicas e, depois de fortalecer gradualmente o corpo, complicar exercícios e estresse no corpo.

Clássico

A técnica do exercício é familiar na educação física escolar (a posição natural do torso quando uma pessoa quer se levantar dessa posição). A ênfase é aceita com apoio nas meias (pernas juntas ou ligeiramente afastadas uma da outra) e palmas abertas. As palmas das mãos são um pouco mais largas que os ombros. O desempenho é considerado ideal – para tocar o peito e o queixo do chão, olhe na sua frente. Os músculos deltóides, tríceps e deltas estão sendo trabalhados. Depois de várias semanas, você já pode aumentar o nível de dificuldade.

Leia mais  10 melhores glosses que você não pode prescindir deste verão

Um homem realiza flexões do chão na técnica clássica

Sobrecarregado

Essas flexões são usadas pelos envolvidos em esportes de força. Seu foco é projetado para o desenvolvimento profundo do tecido muscular mais do que para a formação de alívio. É importante lembrar que os pesos não podem ser feitos instantaneamente, ou seja, em um dos dias da abordagem, adicione 10 kg de peso extra. Idealmente, quando a carga é aumentada, coletes especiais são usados, com os quais os pesos podem ser alterados (eles são adaptados para que seja mais conveniente distribuir a carga pelo corpo).

No ginásio, você pode usar uma panqueca no bar, que o parceiro colocará o estagiário nas costas e garantirá que a carga não caia. O supino com uma garota deitada nas costas do atleta costuma ser um show simples. Tal adicionar. carga (40-50 kg) está virtualmente além da potência do leigo comum. Para atingir esse nível, você precisa treinar por um longo tempo e profissionalmente..

Flexões profundas

Esta técnica é projetada para máxima eficiência no desenvolvimento muscular com uma grande amplitude vertical. Para fazer isso, o nível do piso é reduzido (ponto inferior ao pressionar). Nos corredores, é comum encontrar atletas que realizam exercícios usando cadeiras ou halteres com panquecas largas. Isso está repleto de lesões, porque os suportes são instáveis. A solução ideal seria comprar alças especiais em uma loja de esportes para aumentar a amplitude.

Flexões lentas

Pelo nome, fica claro que o exercício (de qualquer tipo) é feito em um ritmo lento. Seu significado é que a resistência é treinada sem treinamento com pesos e com força adicional de peso. O principal no supino lento é a continuidade. Isso significa que, nos pontos mais baixos e máximos de dobrar os braços, você não precisa parar, mas começa imediatamente a reverter o movimento. A velocidade é diferente das flexões padrão, todo mundo se escolhe, com base no fato de que 8 a 10 repetições devem ser feitas.

Dos joelhos

Uma forma simplificada de flexões clássicas, projetada para iniciantes, idosos e contraindicações aos exercícios padrão. Eles diferem dos exercícios básicos, pois a ênfase não está nas meias, mas nos joelhos, enquanto os pés devem ser cruzados. Estudos demonstraram que a carga útil da coluna vertebral é reduzida em cerca de 15%. A impressora em si não é diferente das flexões regulares.

Vasta aderência

Para enfatizar a carga sobre os músculos peitorais, é utilizada uma grande aderência: as mãos repousam no chão a uma distância duas vezes maior que os ombros, os cotovelos divergem para os lados ao abaixar. A pesagem de tal exercício ocorre levantando as pernas em um banco ou em pé. Elevar o ponto de apoio do pé a 60 cm do chão aumentará a carga para 75% do peso do atleta. É importante manter constantemente as costas niveladas e evitar dores de estômago, caso contrário, o significado do banco é completamente perdido.

O homem realiza flexões do chão com uma grande aderência

Aderência média

Tal aperto ajudará a bombear tríceps, se feito corretamente. As palmas das mãos estão localizadas claramente na largura dos ombros, os cotovelos ao abaixar o tronco se movem paralelos ao corpo, agarrando-se o máximo possível. A ponderação ou simplificação do exercício ocorre de acordo com o mesmo esquema das flexões clássicas (adicionando pesos, levantando o ponto de apoio ou ajoelhando-se).

Aperto estreito

Uma das variações difíceis de flexões. A ênfase está nas palmas das mãos (ligeiramente viradas para fora), localizadas em um ponto correspondente ao meio do peito. Pernas na largura dos ombros ou ligeiramente mais largas. Na parte inferior, o esterno deve tocar os dedos. Nesta posição, o exercício fornece a carga máxima no tríceps e na parte frontal do músculo deltóide.

Leia mais  Os 10 melhores pós-barba

Em um braço

Outro dos exercícios difíceis projetados para atletas treinados. Aqueles que estão começando a treinar são melhores, nem mesmo tentando fazer um supino, porque há uma alta probabilidade de quebrar o braço de apoio. Nesse caso, uma pessoa simplesmente bate no rosto com uma altura de meio metro. Execução adequada: braço de suporte alinhado com o corpo, o segundo – ferimento nas costas; pernas bem abertas para proporcionar equilíbrio. No ponto mais baixo, o peito toca o chão, no movimento inverso, os ombros são mantidos paralelos ao chão.

Nos dedos

Essa ênfase fortalece o pincel e todas as suas articulações. O tipo de flexões nesse caso não é importante (a exceção é apenas uma aderência estreita, pois é extremamente difícil organizar os dedos confortavelmente). Para entender se será possível fazer flexões, deve-se ficar um pouco na posição inicial. Se seus dedos estiverem cansados ​​e começarem a doer nos primeiros segundos, é melhor abandonar o exercício e trabalhar com o expansor para fortalecer o pincel.

Como empurrar para cima no chão

O principal erro de todos os iniciantes é negligenciar a técnica de execução. Na melhor das hipóteses, uma posição incorreta do corpo levará à falta de um resultado claro, mesmo após longos meses de treinamento. Na pior das hipóteses – sobrecarregar os músculos, lesões nos ligamentos, articulações, acidentes. Flexões adequadas significam:

  • aquecimento obrigatório de todo o corpo antes do início dos exercícios, atenção especial é dada às mãos e articulações dos ombros;
  • o ajuste correto das palmas das mãos, pés e pescoço (queixo ao nível do peito);
  • é recomendado o uso de pulseiras especiais de pulso;
  • com todos os tipos de flexões, as costas permanecem planas, o corpo todo forma uma única linha reta: pescoço, costas, quadris, calcanhares;
  • respiração adequada: movimento descendente ocorre na inspiração, retorno aos braços retos – na expiração;
  • regularidade do treinamento: uma abordagem por mês, mesmo com cem prensas, não terá efeito;
  • a seleção correta da frequência da carga: não faz sentido trabalhar com o desgaste em uma única abordagem, quando você pode dividir um treino em várias etapas.

A menina faz flexões do chão no ginásio

Qual a melhor forma de empurrar para cima

Para iniciantes e pessoas com problemas de saúde (doenças da região lombar, articulações), é melhor começar com flexões clássicas, a partir dos joelhos, sem pesos e a uma velocidade média. Na descrição das posições durante o exercício, você pode e deve fazer ajustes com base em sua própria anatomia. O banco não deve trazer desconforto e dor. Com o tempo, se uma pessoa se sente confiante na força, você pode mudar para tipos mais complexos de flexões no chão. Vale a pena mencionar a nutrição adequada: para o funcionamento normal dos músculos, uma dieta completa.

Quantas vezes

O problema mais comum para quem decide iniciar flexões é fazer imediatamente o número máximo de prensas e cair no chão, sufocando pela fadiga. O número de séries e repetições é determinado exclusivamente individualmente. Idealmente, encontre um treinador e peça que ele elabore um programa. Independentemente, uma tabela de flexões do chão é formada com base no limite real. Por exemplo, se o teto das repetições for 10 supinos, no conjunto, você precisará incluir 8 com uma diminuição para 5 na última abordagem, para que durante o período de descanso os músculos tenham uma força de força.

Leia mais  6 melhores exercícios de aquecimento

Com que frequência

Os especialistas concordam que uma pessoa despreparada deve iniciar um curso de flexões todos os dias para entender o estado do esqueleto muscular e evitar sobretensões, ou seja, 3-4 aulas por semana. Após um mês, um plano de treinamento é formado já diariamente. É importante lembrar que, na presença de lesões mínimas, é preciso parar e aguardar a cura, para não provocar o desenvolvimento de patologias.

As flexões mais eficazes

A eficácia do seu próprio corpo pressiona para um determinado músculo ou objetivo depende diretamente dos tipos de exercícios e de suas combinações. A principal coisa a lembrar é que o balanço intenso de uma parte específica do corpo enfraquecerá o resto. No processo de treinamento, você precisa alternar tipos de flexões e outros exercícios para obter um efeito holístico no corpo. Técnica de flexão do chão para crescimento e modelagem muscular:

Não.

objetivo

Tipos de exercícios

1

Fortalecimento do tríceps

Com braços estreitos. O principal é a execução técnica correta: as palmas das mãos estão o mais próximo possível (os dedos estão um sobre o outro), no ponto mais baixo da amplitude de abaixar o peito toca as mãos, os cotovelos estão afastados.

Aderência média quando os cotovelos se movem o mais próximo possível do corpo.

A ponderação ou troca de punhos em ênfase é adicionada somente depois que fica claro o quão bem o tríceps funciona.

2

Obtendo terreno de alta qualidade

Imediatamente você precisa estipular uma nuance – o alívio não se formará se houver uma grande quantidade de gordura subcutânea nos músculos. A imagem será formada apenas se o atleta tiver massa muscular suficiente.

Exercícios eficazes ajudarão a gravar as mãos se forem executados com uma carga sequencial gradual. Caso contrário, os músculos se acostumarão com o peso e apenas manterão seu próprio estado (mesmo um aumento nas repetições não ajudará).

O desenho dos músculos abdominais ajudará a formar as flexões das costas. A técnica correta é semelhante ao supino: as mãos descansam atrás das costas em um banco ou outra elevação, nádegas acima do chão, pernas nos calcanhares o mais longe possível do ponto de apoio para as mãos; os braços estão dobrados para uma posição em que os cotovelos formam um ângulo reto (uma posição mais nítida sugere boa aptidão física).

3

Construção em massa

A primeira coisa a aprender se você deseja ganhar peso é que a técnica de execução foi completamente alterada. Exercícios normais com uma pessoa com peso de até 80 quilos não dão resultados. Importante: uma dieta equilibrada e equilibrada para ganho de massa, uma regularidade clara do treinamento, descanso adequado.

É usada uma flexão clássica, que é realizada extremamente lentamente com uma conclusão explosiva de potência. Ou seja, o corpo desce lenta e suavemente até o ponto mais baixo da amplitude (2-3 segundos), é fixado por um instante e retorna com um poderoso movimento de força. A quantidade ideal é de 8 a 12 para um conjunto de 4-5 por conjunto. O padrão de flexão muscular implica que as repetições aumentem gradualmente ao longo de 15 semanas

Um homem realiza flexões

Programa de Flexão de Piso

Um sistema projetado de flexões do chão é o número de abordagens, a alternância de cargas e descanso, a frequência de conclusão. Ele não apenas protege contra lesões durante a execução, mas também fornece resultados máximos. Idealmente, o programa de treinamento deve ser composto por um instrutor profissional, com base nos resultados de um treinamento de teste, mas você pode escrevê-lo. É importante aderir ao programa e não permitir falhas, cargas incorretas, alternar com exercícios de força, caso contrário, o benefício tenderá a zero.

Avalie este artigo
( Ainda sem avaliações )
Adicione comentários

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: